Mais um grande fundo de Investimentos interessado em comprar Bitcoin

O Miller Opportunity Trust revelou que até o fim do ano passado possuía US $ 2,25 bilhões sob gestão, portanto, o provável investimento em Bitcoin será de US $ 337 milhões.

Siga no
Em uma crise financeira, comprar ouro e/ou Bitcoin?
Em uma crise financeira, comprar ouro e/ou Bitcoin?

Mais um grande fundo de investimentos entrou com pedido na SEC para comprar Bitcoin. A Miller Value Fund, uma empresa que controla cerca de US $ 2,25 bilhões em ativos, encaminhou um pedido à agência reguladora do Estados Unidos para comprar Bitcoin através da Grayscale Bitcoin Trust. 

O documento enviado à SEC faz diversas observações sobre o Bitcoin, sendo o ponto principal a intenção do Opportunity Trust Fund investir na moeda digital. De acordo com a solicitação, a empresa pretende ter uma exposição de 15% por meio do Grayscale Bitcoin Trust (GBTC). Serão compras em períodos variados que serão encerradas assim que o limite de 15% for atingido.

O Miller Opportunity Trust revelou que até o fim do ano passado possuía US $ 2,25 bilhões sob gestão, portanto, o provável investimento em Bitcoin será de US $ 337 milhões.

Vale destacar que inicialmente houve um desentendimento quanto ao limite de 15% estabelecido pelo fundo de investimento. Em uma publicação no Twitter a empresa explicou que após atingir o limite, os bitcoins comprados não serão vendidos para que possa ser realizada novas compras.

A corrida das instituições

Temos visto uma corrida dos investidores institucionais rumo ao mercado de criptomoedas, em especial para o Bitcoin e também Ethereum.

Já são diversas notícias de empresas comprando Bitcoin. Recentemente, o Marathon Patent Group, uma empresa de mineração de Bitcoin, comprou o equivalente R$ 800 milhões na moeda digital, sem falar nos R$ 2.2 bilhões que a MicroStrategy adquiriu somente no ano passado.

Vale destacar que as empresas e os fundos de investimentos não estão apenas de olho no retorno sobre o investimento quando compram Bitcoin, na verdade os investidores institucionais estão vendo a moeda digital como um ativo que os protege em momentos de crise. 

Para confirmar isso, temos o exemplo recente do CEO da BlackRock, Larry Fink, em uma entrevista para a Bloomberg ele explicou que “o Bitcoin pode ser uma reserva de valor.” 

Outro importante exemplo é o da Ruffer Investment Company que recentemente revelou que seus investidores possuem cerca de 2,5% de sua carteira em Bitcoin, segundo eles, é como uma pequena apólice de seguro, mas que garante uma proteção contra a desvalorização que está atingindo as principais moedas do mundo.

Hoje o preço do Bitcoin rompeu a resistência dos US$ 40.000 e atualmente está sendo negociado por $ 40.350. Vale lembrar que no dia 4 deste mês a Microstrategy “ensinou” cerca de 1400 empresas comprarem Bitcoin. Parece que já estamos vendo o resultado. 

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Diego Marques
Começou em 2016 como um dos primeiros redatores do Guia do Bitcoin. Diego tem preferência por notícias que podem influenciar o preço das criptomoedas, mas também gosta de escrever curiosidades do cripto-universo.
Gráfico de preço da Cardano em alta

Cardano líder em número de desenvolvedores? Não caia nessa!

Um estudo de atividades no GitHub, principal repositório do código-fonte das criptomoedas, mostrou a Cardano na liderança nos últimos 12 meses. Os dados foram...

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias