Mãos de alface: Tesla vende Bitcoin na baixa e comunidade zomba Elon Musk

Com frequência Elon Musk divulga memes, mas ele é o novo alvo da comunidade Bitcoin.

Elon Musk em evento da Tesla
Elon Musk em evento da Tesla

A Tesla vendeu 75% de sua posse em Bitcoin no prejuízo, indicam levantamentos feitos pela comunidade sobre o período em que a companhia se desfez de sua posição. Para muitos, Elon Musk foi “mão de alface” ao sair de sua posição, termo utilizado pelos detentores de longo prazo para indicar que uma pessoa não tem firmeza de suas convicções.

Em valor de mercado, a Tesla é uma das maiores companhias do mundo, figurando entre às dez maiores e avaliada em US$ 770 bilhões. Contudo, com uma crise instalada no mundo, com alta na inflação, várias empresas estão tomando medidas drásticas para garantir uma sobrevida em um cenário de adversidades.

Uma medida que tem sido comum é a busca por ativos que protegem os investidores da inflação na moeda fiduciária, sendo este talvez o ponto mais polêmico da venda da Tesla, anunciada na última quarta-feira (20).

Tesla vendeu Bitcoin com medo da pandemia na China, disse Elon Musk sem citar prejuízo

Desde o início de 2020, a crise apresentada pela contaminação com a Covid-19 em todo o mundo retraiu os mercados e causou inúmeros problemas em cadeias produtivas.

Para incentivar a produção, governos injetaram trilhões de dólares pelo mundo para conter esses efeitos, o que causou enorme apreensão para um possível descontrole da inflação nos anos seguintes. Em 2022, de fato, o tema da inflação domina o debate econômico e alguns governantes já reconhecem que esse é o principal desafio a ser combatido.

Com medo da perda do poder de compra, a Tesla comprou US$ 1,5 bilhão em Bitcoin no início de 2021, alegando estar comprando a moeda digital para se proteger do possível efeito devastador que se apresentaria adiante.

Sobre a posição da empresa, o bilionário Elon Musk revelou quantos bitcoins possuía, que era algo próximo de 42 mil moedas, compradas a um custo médio de US$ 36 mil cada.

Com a confirmação agora de que uma venda foi realizada no final do segundo trimestre de 2022, como informado pela empresa, é possível que o prejuízo com a operação tenha sido em vários milhões de dólares. Isso porque, entre abril e junho, o preço oscilou de US$ 46 mil para apenas US$ 19 mil, registrando queda de 56%.

De acordo com um analista, é possível que as vendas de Tesla tenham ocorrido no meio de junho, quando uma quebra de suporte pegou traders de surpresa. Caso se confirme essa análise, a Tesla perdeu 9%, diz o trader que acredita que a empresa pagou US$ 31 mil por cada BTC.

De fato, a Tesla não informou oficialmente qual foi o preço pago na compra, e nem a cotação da moeda quando ocorreu a venda, o que dificulta estimar ganhos ou prejuízos com essa negociação.

Mas ao se considerar a época das vendas, dificilmente a empresa teve ganhos como afirmou Elon Musk em entrevista aos investidores na última quarta.

“Letuce hands”: saiba por que Elon Musk está sendo chamado de mão de alface?

Desde que a Tesla comprou Bitcoin, o preço da moeda passou por várias altas e baixas, inclusive rompendo sua máxima histórica em novembro de 2021, quando alcançou US$ 69 mil.

Em maio de 2021, por exemplo, após uma queda forte do mercado, Elon Musk disse que a Tesla tinha “mãos de diamante”, indicando que não sairia fácil de sua posição no Bitcoin. Quando comprou a moeda digital, essa empresa disse para a SEC que “manteria sua posição no longo prazo”.

Ao ver que Elon Musk anunciou a venda de Bitcoin, a comunidade reagiu zoando o homem mais rico do mundo, visto que suas mãos não são de diamante como ele alegava, mas sim de “alface”. Esse termo indicaria que uma pessoa não tem uma posição firme sobre determinado assunto.

Um dos que brincou com Musk foi Adam Back, CEO da Blockstream, que citou o bilionário com figurinhas de alface.

Tesla não vendeu Dogecoin

Ao dizer que a Tesla vendeu Bitcoin para reforçar o caixa da empresa, por temores com a economia chinesa, Elon Musk declarou não ter problemas com a principal criptomoeda.

Segundo ele, é possível que no futuro a Tesla volte a comprar algumas moedas, mas não determinou quando isso poderia ocorrer.

No entanto, ele disse que a posição da Tesla em Dogecoin segue firme e nenhuma moeda meme foi vendida. Não está claro se a DOGE foi adquirida pela companhia como investimento, ou se ele se refere a itens comprados com essa por clientes da empresa, opção liberada nos últimos meses.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias