Membros do Banco Central de 44 países gritam “Bitcoin”

Festejaram aprender sobre bitcoin em El Salvador.

Banqueiros centrais de 44 países conhecem sobre Bitcoin em El Salvador
Banqueiros centrais de 44 países conhecem sobre Bitcoin em El Salvador

A maior moeda digital do mundo, o Bitcoin, foi alvo de um grito de membros do banco central de 44 países na última quinta-feira (19). O que chama atenção para o caso é que o bitcoin justamente nasceu para ser uma moeda livre de controles, diferente daquelas emitidas por órgãos públicos e centralizados.

Em 2009, dias após lançar o Bitcoin, Satoshi Nakamoto explicou que seu sistema de moeda se baseava na criptografia, não na confiança em terceiros.

“Desenvolvi um novo sistema de e-dinheiro P2P de código aberto chamado Bitcoin. É completamente descentralizado, sem servidor central ou partes confiáveis, porque tudo é baseado em prova de criptografia em vez de confiança.”

Com isso, Satoshi já mostrava que o sistema de moedas fiduciárias já estava em colapso. Moedas como o Real brasileiro, por exemplo, dependem na confiança da população nos sistemas criados pelo Banco Central do Brasil e sua política monetária.

Em vários países, contudo, essa confiança segue diminuindo, visto que a população não aguenta mais a inflação que pesa em seus ombros.

Fila para instalar carteira de bitcoin

Em sua história de 13 anos, o bitcoin já foi considerado uma moeda insegura, uma pirâmide financeira, um golpe de investimentos, e muitas outras situações preocupantes foram associadas a essa tecnologia.

Contudo, a moeda ignorou as críticas e seguiu crescendo no gosto popular, visto que a população mundial se encaminha para o entendimento do que é a tecnologia e quão promissora pode ser.

Vendo isso, membros de 44 bancos centrais foram nesta semana até El Salvador para estudar sobre Bitcoin. O perfil Bitcoin Beach, que é o início da adoção em massa naquele país, chegou a declarar que a busca por ajuda para instalar uma simples carteira da moeda digital ocasionou até fila na instalação, na última segunda-feira (16).

“Banqueiros centrais fazendo fila para obter ajuda para baixar e usar a carteira Bitcoin Beach Lightning.”

Membros de banco central de 44 países que foram até El Salvador gritam “Bitcoin”

Ao final do encontro de uma semana, os membros dos bancos centrais que foram até El Salvador finalizaram sua imersão no Bitcoin. E ao que parece, o momento causou felicidade neles, que terminaram o encontro gritando.

Segundo uma publicação do presidente de El Salvador, Nayib Bukele, os membros dos bancos centrais gritaram “Bitcoin” em uma pose para foto, mostrando o quanto a experiência pode ter causado mudanças neles.

“E os banqueiros centrais de 44 países gritaram…”

Antes atacado pelos bancos centrais, o encontro mostra que após o conhecimento inicial, muitos ovacionaram a tecnologia e podem ter enfim compreendido o potencial dessa.

É importante lembrar que muitos países querem construir suas próprias versões de moedas digitais. No Brasil, por exemplo, o plano é construir uma moeda chamada Real digital.

Contudo, essas não terão as mesmas características do bitcoin, principalmente sua segurança e descentralização, essas que têm se mostrado importantes em um ambiente cada vez mais digital.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias