MicroStrategy compra mais 229 bitcoins e se consolida como maior “baleia” institucional

Empresa detém mais de 92 mil Bitcoins agora, sendo a maior empresa a deter tal quantia.

Siga no
MicroStrategy Bitcoin
MicroStrategy Bitcoin

A MicroStrategy, empresa sob o comando de Michael Saylor, anunciou nesta terça (18) a compra de mais 229 bitcoins, mesmo com o mercado em queda. Agora a empresa detém mais de 92 mil criptomoedas em sua reserva de valor.

A MicroStrategy é uma das principais empresas a acumular a moeda digital. Com uma estratégia ousada, a justificativa para a compra em massa seria um medo em relação ao dólar.

Dentro da MicroStrategy, o Bitcoin é tratado como uma reserva de valor, sendo que a empresa obteve grande lucro com a operação. O preço médio de aquisição dos bitcoins continua sendo de apenas US $ 24.450 por unidade.

MicroStrategy compra mais 229 bitcoins

No mercado financeiro, a estratégia mais buscada por negociantes é a compra na baixa. Essa operação pode garantir um lucro maior com o tempo, mas nem todos preferem assim.

No caso da MicroStrategy, a empresa a proveitou a mais recente queda do mercado para comprar mais 229 bitcoins.

Não há nenhum indicativo de que a empresa pretender vender suas posses, utilizando assim a estratégia do hold bola de neve.

Com essa estratégia muito bem definida, a MicroStrategy já adquiriu 92.072 bitcoins que estão guardados como reserva de valor. O preço médio pago em cada moeda foi de US$ 24.450, com custo total de US$ 2.251 bilhões.

A empresa disse que comprou mais US$ 10 milhões a um preço médio de US $ 43.663 por moeda.

O anúncio foi feito por Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, em suas redes sociais.

Convicção da MicroStrategy não é igual da Tesla, com empresa se consolidando como grande baleia

Desde que a MicroStrategy começou a comprar Bitcoin, nenhuma moeda foi vendida pela empresa. Já a Tesla, empresa sob o comando de Elon Musk, acabou vendendo algumas moedas menos de três meses após sua compra.

No entanto, já é especulado que a Tesla poderá vender todas as suas moedas em breve. Ou seja, quando a empresa aderiu à ideia de comprar a criptomoeda, ela pode ter apenas pensado em uma negociação rápida, nem tanto um investimento de longo prazo.

Só o tempo mostrará qual das empresas tomou a decisão mais sábia, com a MicroStrategy se consolidando como uma das maiores baleias de Bitcoin. De acordo com o BitInfoCharts, apenas 6 carteiras possuem mais bitcoins que a MicroStrategy, mas 4 delas são de corretoras.

Dessa forma, a empresa sob o comando de Michael Saylor tem apenas dois endereços com mais bitcoins que ela. Além disso, o CEO da MicroStrategy investe em iniciativas pró-bitcoin, como o “Carro Bitcoin“, que disputará a Indy 500 nos próximos dias e receberá um aporte de US $ 250 mil (R$ 1,350 milhão) do empresário.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias