Mineradora de Bitcoin pausa atividades após explosão e incêndio em rede elétrica

A empresa afirmou que cerca de 2.515 equipamentos para mineração de Bitcoin, e 710 placas de vídeo, para minerar Ethereum, foram desligadas imediatamente.

Moedas de Bitcoin pegando fogo.
Moedas de Bitcoin pegando fogo.

A Bit Digital, empresa de mineração de criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, informou aos seus investidores que precisou pausar suas operações devido aos danos causados na rede elétrica após uma explosão seguida de incêndio. Fato aconteceu nas Cataratas do Niágara, em Nova York.

Apesar de ter desligado mais de 2.500 ASICs e outras 710 placas de vídeos após a explosão, a empresa acredita que nenhum equipamento teve danos. Além deste incidente nas Cataratas do Niágara, a Bit Digital também precisou desligar outras 1.580 ASICs localizadas em Towanda, também em NY, devido a procedimentos legais.

Desta forma, a empresa afirma que estes incidentes resultaram em uma queda de 46,8% de sua capacidade de produção de criptomoedas, o que pode ter impacto nas ações da mesma na bolsa.

Explosão seguida de fogo em mineradora de Bitcoin

Segundo publicação da Bit Digital desta quinta-feira (19), suas operações de mineração precisaram ser pausadas nas Cataratas de Niágara em Nova York. O motivo teria sido uma explosão seguida de fogo em uma subestação de energia, deixando a fazenda de mineração sem alimentação.

“Acredita-se que a explosão e o incêndio tenham sido causados por equipamentos defeituosos de propriedade da concessionária de energia.”

Embora a empresa acredite que nenhum equipamento fora danificado, a mesma afirmou que buscará ser reembolsa pelo tempo em que seus equipamentos estiverem incapacitados de minerar criptomoedas. No total, tal fazenda contém cerca de 2.515 ASICs, usadas para minerar Bitcoin, além de outras 710 placas de vídeo, usadas para minerar Ethereum. Embora não tenham informado os modelos, o vídeo abaixo mostra o tamanho da fazenda.

Segunda instalação de mineração de Bitcoin também foi desligada

Para completar o pesadelo da Bit Digital, uma segunda fazenda de mineração da empresa também precisou ser desligada. Localizada em Towanda, esta seria responsável por abrigar outros 1.580 equipamentos de mineração.

Embora este caso seja menos preocupante, sem explosões ou fogo, a fazenda de mineração teve sua energia cortada devido à burocracia. Afinal, a empresa precisa de “aprovações adicionais” das autoridades para operar no local.

Sendo assim, a Bit Digital informou aos seus investidores que teve uma redução de 46,8% em seu hash rate e que já está buscando soluções. Listada na Nasdaq, as ações da empresa podem apresentar quedas no curto prazo enquanto os equipamentos não forem religados.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias