Minerar Bitcoin ainda é viável? Confira entrevista com minerador no Paraguai

Siga no
MIneração de Bitcoin
MIneração de Bitcoin

Minerar Bitcoin ainda é viável? Quanto rende? Confira a seguir uma entrevista completa com um entusiasta do setor, que foi morar no Paraguai em busca de uma novas oportunidades profissionais.

Hoje, Fernando Américo se dedica e vive exclusivamente da atividade de mineração de bitcoin, que recentemente foi reconhecido pelo Banco Central do Brasil, como um processo produtivo. Além disso, as criptomoedas passaram a entrar na conta do balanço oficial do banco.

Américo é natural do estado de Alagoas, mas sonhou com uma nova vida e aproveitou o embalo das criptomoedas, sua paixão, e foi morar no Paraguai e encarar de frente o desafio de minerar. Confira a seguir:

O que te motivou a escolher o Paraguai como um local para atividade de mineração?

Fernando Américo – Quatro coisas foram cruciais na escolha do Paraguai. O idioma que eu já falava um pouco e que é parecido com o Português; a proximidade com o Brasil; os poucos impostos e a energia barata. Esses dois últimos foram os mais importantes, os impostos baixos e a baixa burocracia facilita muito a vida da gente e a energia que é uma das mais baratas do mundo também é um forte atrativo.

Minerar Bitcoin ainda é lucrativo? E no Brasil?

Nunca deixou de ser. Minerar bitcoin ou qualquer criptomoeda é uma ciência, não basta comprar uma máquina, ligar na tomada e esperar os bitcoins caírem na carteira. Muita coisa é calculada e levada em conta, como o consumo da máquina, o custo da energia, temperatura ambiente e etc.

Já no Brasil a mineração quase não compensa, pois depois de todos os impostos e taxas pagas, o lucro é muito pouco, mas ainda pode-se tirar alguns lucros, já no Paraguai a história é completamente diferente. Para se ter uma ideia, na cotação atual do Bitcoin, que gira em torno de R$ 39.700,00 (02/09/2019), algumas boas máquinas de mineração estão se pagando em até 10 meses, um retorno sobre investimento (ROI) excelente se comparado ao mercado tradicional, como a poupança por exemplo, que em 10 anos você não lucraria nem 50%.

Quais são os maiores desafios para quem tenta minerar criptomoedas?

Isso é muito relativo, para quem vive no Brasil, sem dúvida são os impostos altos e o custo da energia elevado. Mas em uma perspectiva geral, mineração tem como principal problema a oscilação do preço do Bitcoin. Não tem jeito, se o preço do Bitcoin cai muito, os mineradores terão que se adaptar, contudo, atualmente mesmo que o preço do Bitcoin caia pela metade, ainda vai ser lucrativo minerar, então pelo menos nesse aspecto estamos mais tranquilos.

Com quais equipamentos exatamente se minera Bitcoin hoje em dia?

Hoje em dia o mais utilizado são as chamadas ASICs. Esses equipamentos tem mais ou menos o tamanho de uma caixa de sapato e são montados com dezenas de microchips que processam dados da rede do Bitcoin, a blockchain, e como recompensa por seu serviço ganham centavos de bitcoin. Esses equipamentos podem ser exportados da China, onde ficam as principais fábricas, mas como o processo de importação é bem desgastante, muitos investidores recebem ajuda de pessoas que fazem todo o serviço pesado para eles, essa é uma das minhas funções hoje em dia no Paraguai. É facilitar ao máximo a vida de quem quer ser um minerador.

É preciso conhecimento técnico específico para conseguir minerar criptomoedas?

Ter um conhecimento básico em informática ajuda, mas não é fundamental, contudo, tenho clientes hoje que nunca viram uma máquina de perto. São pessoas que entraram em contato comigo através da internet e com minha ajuda, compraram e enviaram as máquinas para mineradoras, tudo remotamente, sem nunca terem pisado em solo paraguaio.

Com quanto é possível iniciar sua própria operação de mineração de criptomoedas?

Com R$ 3.000 você já consegue comprar uma máquina de médio porte, mas se a sua intenção é montar sua própria mineradora, então o custo fica muito mais elevado, chegando a casa dos R$ 250.000,00. Então você estaria pronto para colocar até 700 máquinas em sua mineradora.

Existem diversas “empresas” que oferecem lucros exorbitantes na internet e justificam a mineração de Bitcoin como origem desses lucros. O que você tem a dizer dessas ofertas? 

Muita gente têm usado a fama do bitcoin e a falta de informação relacionada a mineração para criar essas “empresas” que na realidade, se aproveitam da ignorância das pessoas e da fama do bitcoin para criar ilusões. Se você quer investir em uma mineradora, junte dinheiro e compre uma máquina, receba auxílio de uma pessoa com nome no mercado e que seja indicada por pessoas que você realmente confia e nunca, definitivamente nunca, acredite em uma pessoa que diga que você vai lucrar um número específico em um determinado período do tempo. NÃO EXISTE RENTABILIDADE PRÉ-DEFINIDA E GARANTIDA COM MINERAÇÃO DE BITCOIN. Ninguém pode lhe garantir isso porque se o Bitcoin custar 1 centavo amanhã, como ele vai pagar os “30% mensais” que ele te garantiu ontem?

Qual criptomoeda é mais lucrativo minerar? E as altcoins?

É difícil responder essa, porque rentabilidade nem sempre é sinônimo de lucro. Já vi muita gente minerar uma moeda que estava sendo muito rentável, mas depois de alguns poucos dias ela despencou e o minerador perdeu tudo, pois a moeda já não valia mais nada. Então hoje em dia é mais comum os mineradores buscarem minerar moedas mais sólidas como o Bitcoin, porque o risco que você tem de ir dormir e acordar com a carteira cheia de uma moeda que não vale nada é mínimo. Há também aqueles que acreditam muito em um projeto, como o Ethereum ou Litecoin, esses mineradores costumam minerar uma moeda, não por sua rentabilidade, mas mais por sua possibilidade de crescer de valor no futuro.

Deixe sua mensagem para os que estão começando a se aventurar com a mineração

Bom, a única coisa que eu tenho à dizer é que nesse mercado a coisa mais importante é o conhecimento. Busque o máximo possível aprender sobre tudo. Antes de dar qualquer passo, se informe e se você não tiver tempo para isso, mas ainda assim gostaria de investir nesse mundo, procure pessoas de confiança que possam auxiliar você e nunca invistam em empresas milagrosas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Tecnologia blockchain tendência

Prodest avalia experiência com blockchain em processo seletivo

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo, Prodest, avalia os conhecimentos em blockchain como um diferencial em processo...
Bitcoin em ratoeira problema

Michael Burry critica alavancagem do mercado de criptomoedas

O lendário trader de Wall Street, Michael Burry, criticou nos últimos dias a alavancagem do mercado de criptomoedas. Em sua fala, o problema é...
MicroStrategy Bitcoin

MicroStrategy aproveita queda e compra mais 13 mil bitcoins

O mercado de Bitcoin começa a semana com uma queda nos preços, isso faz as baleias se movimentarem para comprar tudo que podem, e...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias