Ministro do STF suspende extradição de criador da Telexfree

O Ministro Marco Aurélio foi relator da ação rescisória no Supremo Tribunal Federal, permitindo que o acusado permaneça no Brasil enquanto o processo de recurso for julgado.

Siga no
Pirâmide
Pirâmide
Anúncio

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, concedeu uma liminar em ação rescisória para suspender a extradição de Carlos Wanzeler, cofundador da empresa acusada de esquema ponzi Telexfree. Wanzeler seria extraditado para os Estados Unidos, onde passaria por julgamento por diferentes crimes financeiros.

A decisão de extraditar Wanzeler foi tomada no dia 25 de setembro, também pelo STF, logo após o empresário acusado de golpe ter perdido a cidadania brasileira. Agora uma nova decisão, realizada no dia 7 de outubro e publicada no final dessa semana, concedeu a liminar para suspender a extradição até que o processo de recurso seja devidamente julgado.

Wanzeler responde a diversas ações penais nos Estados Unidos, onde é considerado foragido, por envolvimento no esquema de pirâmide financeira por meio da empresa Telexfree. Wanzeler se naturalizou estadunidense, mas quando foi intimado a depor pela justiça dos EUA, fugiu para o Brasil.

Anúncio

Wanzeler também foi denunciado pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro e evasão de divisas em operações financeiras no Brasil e nos Estados Unidos, e também responde processo por aqui.

No entanto, ele vem brigando desde 2018 para não perder a cidadania brasileira e ser extraditado (já que a justiça dos EUA tende a ser mais severa com casos como esse).

E após perder a cidadania e ter a extradição autorizada, a defesa realizada pelo escritório Almeida Castro Advogado Associados pediu a revogação da decisão por ofensa à Constituição e à Convenção para a Redução dos Casos de Apatridia, justamente contra a decisão de expatriar Wanzeler.

Sendo assim, o Ministro Marco Aurélio foi relator da ação rescisória no Supremo Tribunal Federal, permitindo que o acusado permaneça no Brasil enquanto o processo de recurso for julgado. Mesmo se Wanzeler for extraditado após esse processo, a Justiça Brasileira fez um acordo com a Justiça dos EUA para garantir que ele tenha pena máxima condizente com as regras brasileiras.

Criador da Telexfree também é julgado no Brasil

Criador telexfree
Carlos Wanzeler, co-criador da Telexfree

A Telexfree deu golpes tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, com seus criadores se envolvendo com crimes de pirâmide financeira e lavagem de dinheiro. Nos EUA, segundo as investigações, uma testemunha contou ter sido procurada para tratar de um esquema para enviar US $ 40 milhões à China, a mando de Wanzeler.

Já aqui no Brasil, a investigação do Ministério Público Federal (MPF) garante que os golpes da Telexfree renderam mais de R$ 213 milhões para o empresário. A família de Carlos é acusada de envolvimento em mais de R$ 23 milhões.

As investigações ocorrem de forma independente, com Wanzeler podendo ser julgado e condenado duas vezes, caso a extradição aconteça.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Bitcoin e Direito criptomoedas e blockchain advogados

Criptomoedas estão em franca expansão, declara OAB

O mercado de criptomoedas está em alta nos últimos anos, mas em 2020 o momento é especial. De acordo com a OAB do Rio...

Aduanas do Mercosul já estão conectadas por blockchain

ObConnect, rede blockchain desenvolvida pelo Serpro para a Receita Federal do Brasil, começou a ser utilizada em outubro para conectar as aduanas do Brasil,...

Líderes da Minerworld são condenados por tentar enganar justiça

Réus envolvidos em uma ação coletiva contra a Minerworld são condenados pela justiça por terem fraudado credores e enganado o processo judicial através da...

Últimas notícias

Aduanas do Mercosul já estão conectadas por blockchain

ObConnect, rede blockchain desenvolvida pelo Serpro para a Receita Federal do Brasil, começou a ser utilizada em outubro para conectar as aduanas do Brasil,...

Líderes da Minerworld são condenados por tentar enganar justiça

Réus envolvidos em uma ação coletiva contra a Minerworld são condenados pela justiça por terem fraudado credores e enganado o processo judicial através da...

Investidor anjo do Uber e Twitter elogia bitcoin e diz que criptomoedas são uma das maiores invenções da história

Naval Ravikant, investidor anjo de grandes empresas como a Uber e o Twitter falou recentemente em um podcast porque acredita que o Bitcoin é...