Multinacional de eletrônicos do Paraguai começa aceitar pagamentos em criptomoedas

Paraguai adota pagamentos com criptomoedas cada vez mais rápido.

Siga no
Mobile Zone. Imagem: Divulgação
Mobile Zone. Imagem: Divulgação

A multinacional Mobile Zone, uma loja que vende todo tipo de eletrônicos, anunciou na noite desta quinta-feira (24) que vai aceitar criptomoedas como meio de pagamento no Paraguai.

De acordo com informações do site da empresa, que tem localização estratégica no coração da América Latina, a Mobile Zone é uma referência na distribuição e comercialização de eletrônicos da tríplice fronteira: Paraguai, Brasil e Argentina.

A Mobile Zone é uma empresa focada em tecnologia, com o celular sendo o carro chefe, mas no momento atual os produtos mais vendidos são notebooks, pois muitas pessoas estão trabalhando e estudando de casa, de acordo com o CEO da empresa.

A loja de eletrônicos fez o anuncio nas redes sociais e é a primeira empresa do setor de eletrônicos a aceitar pagamentos com criptomoedas.

‘A transformação digital chegou à Mobile Zone”, disse a empresa, acrescentando: “Continuamos trabalhando para estar sempre na vanguarda da tecnologia. Agora você pode fazer suas compras e pagar com criptomoedas!”

De acordo com o anúncio, os pagamentos poderão ser feitos com Bitcoin, Ethereum, Binance Coin, Dogecoin, XRP e Tether.

Mobile Zone Bitcoin
Mobile Zone Bitcoin

Agora os clientes da empresa poderão comprar todos os tipos de eletrônicos com criptomoedas.

A Mobile Zone vende eletrônicos em loja física e online de marcas famosas como Samsung, Apple, LG, Motorola, Huawei, JBL, Quanta, Sony, e várias outras.

Paraguai adota pagamentos com criptomoedas cada vez mais rápido

Depois que El Salvador aprovou um projeto de lei que tornou o Bitcoin moeda de curso legal no país, um parlamentar no Paraguai anunciou que está trabalhando em um projeto de Lei para adotar o Bitcoin.

O deputado Carlos Antonio Rejala Helman, do Partido Hagamos, pediu que o Paraguai tome medidas semelhantes às de El Salvador em relação ao Bitcoin. O congressista também mudou sua foto de perfil no Twitter para uma onde ele tem “olhos a laser”, assim como outros políticos sul-americanos fizeram para mostrar apoio à moeda digital.

Rejala está preparando um projeto de lei para legalizar o uso de criptomoedas como meio de pagamento no Paraguai e o projeto de lei estabelecerá que qualquer transação dentro do território nacional pode ser realizado com Bitcoin.

Caberá ao Estado promover o uso da forma de pagamento e capacitar os diversos setores para que possam aceitar a moeda digital.

A maior empresa de entretenimento do país, o Grupo Cinco, anunciou na semana passada que todas as suas 24 unidades já aceitam as criptomoedas como pagamento. Além disso, a Universidad Comunera (UCOM), uma universidade privada em Assunção, Paraguai, agora aceita Bitcoin como forma de pagamento para seus alunos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Lorena Almada
Estudante de Engenharia Eletromecânica. Apaixonada por Economia. Seguidora da Escola Austríaca. Entusiasta do Bitcoin, descentralização e liberdade.

ETF 100% Ethereum estreia hoje na B3

Nesta quarta (04) foi lançado o ETF 100% Ethereum na B3, bolsa brasileira. O fundo foi desenvolvido pela gestora QR Asset Management, a mesma...

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...
Claudio Oliveira. "Rei do Bitcoin"

‘Rei do Bitcoin’ e mais oito pessoas são indiciadas por fraude bilionária

O "Rei do Bitcoin", Cláudio Oliveira, fundador do Bitcoin Banco, e mais oito pessoas foram indiciadas em seis crimes que causaram um prejuízo bilionário...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias