Mt. Gox vai devolver às vítimas US $ 1 bilhão em criptomoedas roubadas

Se você teve Bitcoins roubados na corretora poderá fazer reivindicação on-line

Siga no
mtgox devolver dinheiro
Tóquio: Cliente da Mt. Gox protesta após perder dinheiro em hack (Kiyoshi Ota / Bloomberg)

Quatro anos depois de ser supostamente hackeada e perder milhões de dólares de clientes a corretora de criptomoedas MT. Gox vai começar a devolver dinheiro das vítimas.

No dia 23 de agosto o administrador da empresa, Nobuaki Kobayashi, divulgou um site onde os credores poderão fazer uma submissão para devolução de valores.

A MT Gox divulgou um comunicado de imprensa junto com uma ferramenta onde usuários podem reivindicar criptomoedas que foram roubadas no hack de 2014 quando a corretora perdeu cerca de 850,000 BTC em fevereiro de 2014.

A corretora de criptomoedas foi uma das primeiras do mundo a permitir compra e venda de Bitcoins. Ela foi fundada em 2010 e após quatro anos processava 70% do volume total de bitcoins no mundo.

Em fevereiro de 2014 a MT. Gox saiu do ar alegando uma invasão e perda de mais de 850.000 Bitcoins. US $ 28 milhões haviam desaparecido.

A corretora alegou que hackers invadiram sua plataforma aproveitando uma falha de segurança.

Os Bitcoins roubados foram vendidos no mercado em grandes quantidades quando as criptomoedas estavam em alta, causando assim uma queda de preços em todo mercado.

O Tribunal do Distrito de Tóquio decidiu suspender o processo de falência da empresa e iniciar uma reabilitação civil, cerca de 170.000 Bitcoin e Bitcoin Cash eram tudo que a empresa tinha para distribuir entre sua base de usuários enfurecidos. 

Ainda assim, isso é mais de um bilhão de dólares.

Todas as reivindicações devem ser apresentadas até 22 de outubro, e irão diretamente para o orgão que está cuidando do caso no Japão. 

Em fevereiro de 2019 as reivindicações serão julgadas e a redistribuição para os usuários se iniciará.

Vítimas que perderam Bitcoin serão reembolsados ​​em BTC e BCH, em vez de dinheiro. 

A Mt. Gox afirma que todos os ativos atualmente em sua posse, incluindo 166.000 BTC e 168.000 BCH, serão pagos aos credores imediatamente após a aprovação do procedimento.

Atualmente os ativos mencionados acima valem aproximadamente US $ 1,3 bilhão, segundo dados do Preço Bitcoin Hoje  e Preço Bitcoin Cash Hoje.

Usuários que perderam criptomoedas que não sejam Bitcoin serão reembolsados ​​em dinheiro devido à volatilidade das altcoins e “aos riscos de segurança envolvidos na transferência de ativos de carteira para carteira.”

 

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...