Nigéria descobre que não é possível banir o Bitcoin

Vendo que o efeito de banir o Bitcoin não resultou muito bem no que eles esperavam, o banco então resolveu mudar de postura.

Siga no

Quatro meses depois de começar um movimento para reprimir transações com criptomoedas, o presidente do banco central da Nigéria parece ter mudado de ideia sobre o assunto e disse agora que as moedas digitais “ganharão vida” no país.

Em fevereiro deste ano, o Banco Central da Nigéria (CBN) emitiu um alerta para todos os bancos comerciais sobre severas sanções regulatórias caso lidassem com criptomoedas.

Agora, porém, o CBN mudou de rumo e não vai mais tentar banir as moedas digitais.

Bitcoin banido?

O Bitcoin funciona por meio de uma rede descentralizada que o governo não pode controlar ou dar ordens, assim, pouco importa se um presidente ou qualquer outra pseudo-autoridade “permite” ou não seu uso, as pessoas podem simplesmente continuar usando, já que o Bitcoin é uma rede aberta e, portanto, não depende da autorização de ninguém.

Assim, legalmente falando o governo pode proibir o Bitcoin, tornando suas transações ilegais e reprimindo quem quer que seja encontrado negociando o ativo.

No entanto, a moeda digital tem uma rede descentralizada e com transações anônimas, então o governo não tem muito o que fazer a não ser torcer para que as pessoas não estudem e não entendam como a moeda digital funciona.

Em outras palavras, o Bitcoin continua funcionando normalmente para qualquer pessoa mesmo que o governo o proíba, e foi justamente o que aconteceu na Nigéria.

No início do ano, quando o governo decidiu “banir” o Bitcoin, o que se viu foi um aumento de procura e a moeda digital disparou, chegando a ser negociada por US$ 73 mil e tendo um volume de negociação triplicado.

De acordo com dados da CoinDance, os nigerianos negociaram mais de 550 bitcoins (cerca de US $ 22 milhões) em plataformas P2P desde que o governo proibiu suas transações.

O motivo da alta procura é que a inflação no país saiu do controle, a moeda da Nigéria, a Naira (NGN), vale pouco mais de US $ 0,002 atualmente. Os nigerianos, portanto, preferem ter bitcoins do que Naira – que além de ser considerada uma moeda inútil, continua perdendo valor.

Vendo que o efeito de banir o Bitcoin não resultou muito bem no que eles esperavam, o banco então resolveu mudar de postura.

Se você não pode vencê-los, junte-se a eles

Em fevereiro deste ano, o diretor do banco central do país publicou um alerta ameaçando  penalizar bancos que fornecessem serviços para usuários de criptomoedas. O Banco Central citou os riscos das moedas digitais, destacando a necessidade dos reguladores protegerem os investidores.

Ele também vinculou o Bitcoin com atividades ilegais, incluindo lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

Mas nesta semana, em uma reviravolta, Godwin Emefiele, o mesmo presidente do banco Central saiu publicamente em defesa do Bitcoin, dizendo que as moedas digitais “ganharão vida” na Nigéria.

“Estamos engajados no CBN e posso garantir a todos que a moeda digital ganhará vida na Nigéria.”

Ele não deu muitos detalhes se permitirá o uso de criptomoedas para pagamentos comerciais ou como investimento e nem indicou a data em que o Bitcoin terá novamente status legal.

Emefiele revelou isso na 279ª reunião do Comitê de Política Monetária em Abuja. Ele disse estar confiante de que criptomoedas como o Bitcoin serão legais na Nigéria novamente.

“Sobre as criptomoedas e o Bitcoin […] Ainda estamos conduzindo nossa investigação e vamos disponibilizar nossos dados”, disse.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Francis-Ngannou

Atual campeão do UFC receberá metade do prêmio em Bitcoin

Francis Ngannou, atual campeão dos pesos-pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC), afirmou nesta terça-feira (18) que deseja receber metade do seu prêmio em Bitcoin. Sua...
Celular com imagem da CVM Comissão de Valores Mobiliários do Brasil processo processa contra

CVM rejeita proposta da Bluebenx, empresa de investimento em criptomoedas

A Comissão de Valores Mobiliários no Brasil, a CVM, rejeitou uma proposta de acordo com a Bluenbenx e seu sócio, suspeitos de criar esquema....
Homem abrindo e-mail no metaverso, perigo alerta cuidado

Empresa de segurança faz alerta sobre metaverso

Uma empresa de segurança cibernética alertou para os riscos de identidade no ambiente do metaverso. O termo surgiu há várias décadas, mas a maturidade...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias