pandemia do coronavírus provoca nova queda do Bitcoin

Siga no
Criptomoeda Bitcoin em ilustração 27/09/2017 REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

A última semana foi especialmente difícil para a economia global. Ao mesmo tempo em que os casos de coronavírus cresceram exponencialmente em todo o mundo, o mercado financeiro sentiu estes efeitos quase que imediatamente.

Porém, o criptomercado acabou ficando em alta. Assim, o Bitcoin, principal ativo digital, se acima dos 6.500 dólares durante toda semana.

O que acontece é que, mesmo com a crença comum de que a criptomoeda é considerada um porto seguro em tempos de crise, o que se tem visto parece provar o contrário.

Isso porque, enquanto a economia global sofre com os efeitos do coronavírus, o ativo se torna cada vez mais volátil.

Somente nas últimas 24 horas, o bitcoin teve uma queda de 5,7%. E embora neste momento haja uma nova reação por parte do ativo, seu valor ainda está na casa dos 6.200 dólares.

Assim, o grande clima de incerteza da economia global também parecer estar afetado a moeda.

Ações emergenciais de vários países

Diversos países estão adotando uma série de medidas na tentativa de salvar suas respectivas economias.

Nos EUA, por exemplo, Donald Trump aprovou um pacote de estímulos na economia norte-americana, no valor de 2 trilhões de dólares.

Mas não é apenas os EUA que estão passando por esta situação. No total, mais de 100 bilhões de euros foram injetados na economia da Europa, em uma tentativa de proteção contra os efeitos causados pela doença.

Já em países emergentes, como o Brasil, a situação está se tornando cada vez mais complicada. Enquanto algumas moedas estrangeiras continuam subindo no país para cima dos R$ 5, como o dólar e o euro, a BOVESPA continua em queda.

Todos estes fatores contemplam o atual nível de complexidade que a economia global vem enfrentando.

Neste sentido, mesmo com toda a instabilidade que o bitcoin e o criptomercado está passando, os ativos digitais mostram força e resistência diante da situação atual.

Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Harvard e outras universidades estão comprando Bitcoin

Diversas universidades dos Estados Unidos estão comprando Bitcoin discretamente há pelo menos um ano, de acordo com informações do CoinDesk. Harvard, Yale, Brown a...

Presidente do Banco da Inglaterra sugere que criptomoedas estão com os dias contados

Durante um painel virtual de debate sobre moedas digitais em Davos, o presidente do Banco da Inglaterra, Andrew Bailey, disse que uma moeda digital "duradoura"...

Nietzsche aprovaria o Bitcoin?

"As empresas que vão a falência afetam os contribuintes com seus prejuízos”, mas “quando ganham dinheiro, ficam só pra eles”. É a chamada era...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Presidente do Banco da Inglaterra sugere que criptomoedas estão com os dias contados

Durante um painel virtual de debate sobre moedas digitais em Davos, o presidente do Banco da Inglaterra, Andrew Bailey, disse que uma moeda digital "duradoura"...

Nietzsche aprovaria o Bitcoin?

"As empresas que vão a falência afetam os contribuintes com seus prejuízos”, mas “quando ganham dinheiro, ficam só pra eles”. É a chamada era...

Bolha do mercado de ações nos EUA está prestes a estourar, alerta o Bank of America

Um dos maiores bancos dos Estados Unidos publicou um relatório alertando que a “forte alta” no mercado de ações em menos de 1 ano...

“Bitcoin será destruído com a regulamentação governamental”, diz professor de Harvard

A previsão para o preço futuro do Bitcoin é algo muito comum no criptomercado, alguns acreditam que, até o fim deste ano, teremos o...

“Bitcoin é uma bolha, mas o sistema financeiro mundial é uma bolha maior”, diz ex-analista da Bridgewater

Não é de hoje que os críticos do Bitcoin apontam a criptomoeda como uma bolha financeira. Em dezembro de 2017 talvez tenha sido o...