Parlamento Europeu vota contra lei para banir mineração de Bitcoin

Minerador de Bitcoin carregando uma ASIC.
Minerador de Bitcoin carregando uma ASIC.

Por 30 votos contra, 23 a favor e 6 abstenções, o Parlamento Europeu foi contra o projeto de lei que pretendia banir a mineração por Proof-of-Work (PoW) usada por criptomoedas como Bitcoin e Ethereum. A votação ocorreu na tarde desta segunda-feira (14).

Embora existam outros sistemas de mineração que consumam menos energia, como o Proof-of-Stake (PoS), nenhum deles mostrou-se tão confiável quanto o PoW, usado pelo Bitcoin há mais de 13 anos sem nenhum problema de segurança.

Apesar disso, a pauta sobre questões ambientais está cada vez mais forte e projetos de lei como este colocam mais pressão na mineração de Bitcoin. Entretanto, muitos afirmam que este gasto é justificável, não sendo menos importante que o uso da energia para outros fins.

Especialistas comemoram decisão do Parlamento Europeu

Após a decisão contra o banimento da mineração através de Proof-of-Work (PoW), diversos especialistas da indústria mostraram-se contentes com a decisão. Abrindo os comentários, o sempre presente fundador da MicroStrategy, Michael Saylor, deu sua opinião.

“O suporte do bitcoin está crescendo em todo o mundo.”

Seguindo, o deputado francês, Pierre Person, também comemorou o resultado da votação, afirmando que a tecnologia não foi feita para ser barrada e que políticos devem manter-se neutros em relação a ela.

“Parece que a razão e o bom senso prevaleceram. Devemos continuar a defender o princípio da neutralidade tecnológica. Obrigado deputador @OKovarikMEP e todos os outros que tentam entender essa revolução. A Europa deve permanecer na competição global!”, comentou Pierre Person, deputado francês.

Por fim, alguns chegaram a criticar os que votaram a favor do banimento da mineração na Europa. Como exemplo temos Changpeng Zhao, fundador de uma das maiores exchanges do mundo, a Binance.

“Estou curioso para saber se os 24 que querem banir o POW já tentaram fazer uma transação de bitcoin”

Por que este projeto de lei sobre mineração era tão importante?

Uma das maiores características do Bitcoin é a sua descentralização, existente em todo seu protocolo, desde seu desenvolvimento, mineração e armazenamento de dados. Desta forma, torna-se muito difícil atacar ou até mesmo derrubar o Bitcoin.

Portanto, embora a Europa não tenha tanta concentração de mineradores, retirá-los de lá seria um enorme ataque a esta descentralização, mesmo que o Bitcoin continuasse operando normalmente.

Um caso semelhante ocorreu na China, porém com um final diferente após a mineração ter sido banida no país. Com isso, mineradores precisaram mover suas máquinas para outros países, em especial para os EUA, Cazaquistão e Canadá.

Por fim, embora alguns países possuam problemas de fornecimento de energia, a maioria está buscando soluções justas. Como exemplo, podemos citar a Islândia que, apesar de ter barrado a entrada de novos mineradores, ainda dá suporte aos empreendedores já existentes no país.

Quanto aos benefícios da mineração, além de fornecer segurança para estas criptomoedas, ela pode gerar receita para estes países através de impostos. Além disso, ela também gera emprego e criação de riqueza, posteriormente inseridas na região.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias