Partido da Causa Operaria critica NFTs: “Tira dinheiro dos trouxas”

O PCO aponta que algumas pessoas podem até dizer que a criação de uma reserva de valor que está diretamente ligada ao mundo virtual e a criação de escassez digital é uma evolução de uma sociedade capitalista, mas para o partido, é um sinal de decadência.

Os NFTs podem até ser bem populares, mas com certeza também atraem muitas críticas, até mesmo de participantes do mercado de criptomoedas, que não acreditam na proposta que as artes digitais oferecem. Quem vem criticando esses ativos recentemente é o Partido da Causa Operária, o PCO, partido que, além de defender a causa marxista, também é um dos que deram apoio direto à candidatura de Luís Inácio “Lula” da Silva para presidente.

Em um post em seu site oficial chamado de “NFT e metaverso: reservas de dinheiro tiradas do khú”, o PCO, falou sobre os NFTs e até mesmo como algumas de suas ideias parecem estar relacionadas ao que os ancaps defendem.

“Como consequência dos posicionamentos do partido a respeito de pautas relacionadas à censura, liberdade individual e repressão estatal, muitos ancaps se identificam e simpatizam com o PCO.”, diz o artigo.

O PCO aponta que algumas pessoas podem até dizer que a criação de uma reserva de valor que está diretamente ligada ao mundo virtual e a criação de escassez digital é uma evolução de uma sociedade capitalista, mas para o partido, é um sinal de decadência.

“Algumas dessas pessoas podem dizer que a criação de reservas de valor que são extremamente abstratas dentro da internet, também chamadas de “escassez digital” é um reflexo do auge de desenvolvimento da sociedade capitalista, mas na verdade, o que podemos perceber é que esse é um dos sinais de uma sociedade em decadência.”

NFTs

Para o PCO os NFTs são apenas mais um recurso utilizado pela burguesia” para explorar ainda mais a classe operária com novas promessas vazias de especulação financeira, “como se o mercado no mundo real já não fosse danosa o suficiente” 

O artigo do partido argumenta que os NFTs contrariam as intenções dos seus principais defensores e que, o que deveria ser um título de propriedade que independe do estado, é utilizado para reforçar a ideia de propriedade intelectual, ou seja, a proteção legal de produtos, patentes, invenções ou criações de diferentes tipos, incluindo criações artísticas na internet.

Com NFTs alguns ficam até mesmo “revoltados” com quem salva as imagens em seu computador, como uma forma de roubo, segundo o PCO.

“Essa alegação não diz respeito a nada mais além dos interesses da burguesia, que considera absurdo um cidadão transformar algo abstrato e que não existe além do mundo digital, mas em contraponto, é fonte de muito dinheiro para esses empresários em um objeto que vai além de códigos, mas só traz como riqueza o entretenimento do trabalhador.”

Esse é um exemplo estranho, já que nenhum dono de NFT realmente acha que copiar as suas imagens em formato JPEG é roubo, e, na verdade, que o NFT garante o valor da imagem original, mesmo com muitas cópias.

Ao que tudo indica, o PCO levou o meme um pouco a sério demais.

Com isso, o partido deixa claro a sua posição contra os NFTs e o que eles representam para o mundo real como um todo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias