Pesquisadores criam linguagem de alto nível para Computação Quântica

Silq, uma linguagem de programação compreensiva e intuitiva para computadores quânticos, dando o pontapé inicial nas novas aplicações e casos e uso dessa tecnologia.

-

Siga no
Anúncio

A computação quântica tem sido uma das áreas da tecnologia mais observadas por muitos setores. Esse novo tipo de computação pode representar uma mudança considerável na forma que computadores processam informações e, em teoria, pode mudar a criptografia para sempre.

Isso quer dizer que é possível que no futuro, a computação quântica represente uma ameaça para a criptografia de moedas digitais e de blockchain, como o Bitcoin, Ethereum e muitas outras.

Além de também pode ser usada para decifrar mensagens criptografadas de ponta-a-ponta, como as do WhatsApp.

Anúncio

Essa tecnologia, ainda nascente, acabou de ganhar um avanço importante, recebendo a sua primeira linguagem de programação de alto nível.

De acordo com o Tech Crunch, o Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, na Suíça, desenvolveu o Silq, uma linguagem de programação compreensiva e intuitiva para computadores quânticos, dando o pontapé inicial nas novas aplicações e casos e uso dessa tecnologia.

Quando falamos em linguagem de programação, baixo nível são as linguagens que estão mais próximas da máquina. O mais baixo nível é a programação em 0 e 1, alto nível são aquelas que possuem compreensão humana, casos clássicos incluem o C, C++, Java e muitos outros.

Como a computação quântica ainda é muito nova, há uma grande barreira para programadores de alto nível testarem essa nova área tecnológica e criar novas soluções. Com o Silq, essa barreira começa a ser quebrada.

Silq é um importante passo para a nova era da computação

Logo da Silq, a nova linguagem de programação quântica de alto nível. Fonte: Divulgação.

Segundo o Tech Crunch, a equipe por trás o Silq buscou diferentes linguagens que poderiam ajudar a resolver problemas de programação na computação quântica.

Benjamin Bichsel, estudando da instituição de Zurique e envolvido no projeto, afirmou que a ideia não era criar uma linguagem de programação do zero, mas sim utilizar uma que já existe e adaptá-la.

“Nós pensamos: Ok, vamos pegar uma linguagem que já existe e trabalhar com ela. E então nós percebemos que as linguagens atuais são completamente inadequadas para o tipo de propriedades de alto nível que estamos interessados.”

A equipe do projeto disse que lidar com a computação quântica é problemática porque, ao contrário da tradicional, é necessário lidar com todas as variáveis e valores temporários durante toda a programação.

Esse é feito com uma linguagem de baixo nível e abstrata, que para nós humanos é bem difícil de ser interpretada e, ainda pior, nos deixa muito suscetível a erros.

Com isso, o desenvolvimento dessa nova forma de programar pode alavancar o desenvolvimento dessa tecnologia. Para os pesquisadores e programadoras, a documentação está disponível no site oficial da Silq.

O que isso significa para o Bitcoin?

Um dos primeiros computadores quânticos desenvolvidos por empresa privada.

Recentemente foi afirmado que a computação quântica quebraria a criptografia do Bitcoin até 2022. Apesar disso não ser um consenso geral, com muita gente discordado, será que o lançamento da Silq afetará o Bitcoin de forma considerável?

Bom, a verdade é que, apesar da computação quântica ser considerada uma grande tecnologia e é muito melhor para quebrar criptografias, o Bitcoin também é uma tecnologia emergente e que continua em constante evolução.

Ainda há um grande caminho para ambas as tecnologias percorrer. A Silq representa um grande passo para a computação quântica, mas o Bitcoin e a blockchain não está ficando para trás.

Recentemente, quando perguntados sobre o risco dessa nova tecnologia para a blockchain, eles disseram:

“Quando os computadores quânticos se tornarem confiáveis e poderosos o suficiente para atacar o Bitcoin, desenvolvedores de Blockchain já vão ter consertado essa vulnerabilidade.”

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Carvão e tecnologia blockchain

Minas Gerais lança projeto blockchain para controle de carvão

O carvão é considerado um dos principais recursos naturais para obtenção de energia no mundo. Dessa forma, um dos estados que o produz no...

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...
Hacker segurando criptomoeda Bitcoin

Grupo de hackers atacavam gamers para roubar Bitcoin

Um grupo de hackers baseado na China atacavam vários gamers em um elaborado plano. As autoridades que investigavam o grupo aponta que há anos...

Últimas notícias

Investidores se confundem e compram criptomoeda errada que valoriza 500.000% com confusão

Recentemente o projeto Uniswap (UNI) tem ganhado muito a atenção dos investidores, principalmente após ter sido listado na Coinbase, a maior corretora de bitcoin...

Grupo de hackers atacavam gamers para roubar Bitcoin

Um grupo de hackers baseado na China atacavam vários gamers em um elaborado plano. As autoridades que investigavam o grupo aponta que há anos...

Doações de Bitcoin começam a chegar para combater queimadas no Pantanal

Algumas doações em Bitcoin começam a chegar para apoiar o combate às queimadas no Pantanal. O dinheiro está sendo arrecadado em uma campanha pela...