Peter Brandt: Preço do Ethereum e ações da Tesla estão iguais

Grande empresa de veículos elétricos e segunda maior criptomoeda foram alvos de análise de lendário trader.

Siga no
Tesla. Imagem: Shutter Stock
Tesla. Imagem: Shutter Stock

O lendário trader Peter Brandt, que negocia ativos em mercados financeiros desde 1975, fez uma análise interessante sobre o preço do Ethereum e as ações da Tesla.

A montadora de veículos elétricos que é a maior do setor automobilístico hoje, é comandada por Elon Musk, um fã do Bitcoin, Dogecoin e Ethereum.

Vale notar que a Tesla é a primeira empresa de Elon Musk a comprar Bitcoin no mercado, mas nunca comprou Ethereum. Mesmo assim, a empresa ainda pode ter uma relação com essa criptomoeda, mesmo sem querer.

Gráfico de preço do Ethereum e das ações da Tesla são iguais, afirmou lendário trader

Ao negociar um ativo no mercado, é difícil achar uma similaridade com outro ativo. Mas para Peter Brandt, está claro que quem é fã de gráficos de preço do Ethereum e das ações da Tesla, o cenário é no mínimo interessante.

“Gráficos semelhantes $TSLA e $ETH. Se você gosta do gráfico de Ethereum, então você tem que gostar do gráfico de Tesla”

Em sua análise sobre os gráficos, o que chama atenção na análise do trader é que ambos os preços romperam as máximas recentes, e ainda operam abaixo da sua cotação mais alta da história.

No caso do preço do Ethereum, a moeda descolou do Bitcoin no mercado e opera em alta mesmo com a queda da maior criptomoeda. Com a alta desta segunda (2), o Ethereum pode fechar o 13.º dia de valorização, já cotado em US$ 2.650,00, sendo R$ 13.795,55 no par Real.

A motivação do mercado agora é que a atualização do Ethereum, chamada de London, foi marcada para a próxima quarta-feira (4), importante para o futuro dessa moeda. Alguns especialistas não duvidam até que o preço do ETH possa ultrapassar os US$ 3 mil no mercado, apesar da queda do Bitcoin mostrar que o mercado segue operando com cautela.

Já a Tesla opera em alta nas últimas sessões com os investidores animados com a alta lucratividade da empresa no segundo trimestre de 2021, mesmo com prejuízos na sua posição de Bitcoin.

Ao revelar ser um investidor de Ethereum nos últimos dias, Elon Musk também disse ser um acionista da Tesla, ou seja, sua posição nesses ativos segue sendo boa no mercado, recebendo até um comentário de Peter Brandt sobre.

No mercado de criptomoedas, Brandt é reconhecido como um profissional de análise técnica, principalmente em altcoins, sendo comumente analisadas por ele. Apesar de ser um crítico feroz do projeto Cardano (ADA), ele costuma compartilhar visões sobre o Bitcoin, Ethereum e até Litecoin.

Mas suas visões com AT são, de acordo com ele, um mosaico de fatores que podem faltar peças, não devendo ser levadas 100% a sério.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Pânico? R$6,6 bilhões em Ethereum saíram das exchanges na semana passada, R$4,2 bi voltaram...

Na quarta-feira passada, dia 15 de setembro, cerca de 363.240 ETH foram sacados de exchanges centralizadas, ontem, no entanto, 258.050 ether voltaram para endereços...
Mulher em pânico vendo gráfico do Bitcoin em queda medo China SP500

Risco de calote na China leva índice do bitcoin de volta ao medo

Alguns índices que medem do desempenho dos mercados acabaram mostrando uma realidade interessante. Dois que podem ser destacados são o Índice de Medo e...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias