Petrobras quer usar blockchain em processo de inovação

Parceria com a PUC-Rio possibilitou abertura de edital para fomentar inovação com tecnologias emergentes na maior estatal brasileira.

Siga no
Petrobras recebe plataforma para o Campo de Lula, na Bacia de Santos
Plataforma da Petrobras Publicado em 19/07/2018 04:56 Foto: Tania Regô/ Agência Brasil Local: Rio de Janeiro

A maior estatal brasileira, a Petrobras, quer utilizar a tecnologia blockchain em seu processo de inovação, com edital em aberto. Para viabilizar essa inovação, a empresa fechou parceria com a PUC-Rio.

As principais operações da Petrobras no Brasil são de Refinaria, Termelétricas, Terminais e Oleodutos e, por fim, a extração nas bacias. Essas e outras atividades levam energia para o Brasil, processo que envolve muita pesquisa e desenvolvimento para ser executado sempre da melhor maneira possível.

Para melhorar o desempenho de suas atividades, a empresa foca também na estratégia de desenvolvimento digital, com vários editais em aberto até o final de julho.

Vale o destaque que apesar de pública, a Petrobras é uma empresa de capital aberto, sendo o governo brasileiro o maior acionista. Suas ações são negociadas na bolsa com os símbolos PETR3 e PETR4.

Petrobras quer a Blockchain como tecnologia emergente em processo de inovação, confira os detalhes

Na última quarta-feira (15), a Petrobras anunciou a abertura de alguns editais para startups. Com inscrições até o final de julho, jovens com mais de 18 anos estão convidados a apresentar suas ideias para a gigante nacional, mesmo sem experiência prévia.

Em parceria com a PUC-Rio, 24 alunos de graduação serão selecionados pelo programa, para desenvolver a transformação do setor digital de óleo e gás. Entre as tecnologias que a estatal quer trabalhar, a blockchain é uma das principais do programa Petrobras Conexões para Inovação – Módulo Ignição.

“Esse programa confere relevante conhecimento tecnológico, metodológico e instrumental ao participante, além de trabalhar comportamentos empreendedores e criatividade. O participante desenvolverá projetos inovadores ao mesmo tempo que aprende, usufruindo do know-how da PUC-Rio e do conhecimento de mercado e orientação da Petrobras”, cita o edital em aberto.

De acordo com o edital do programa, para participar não é obrigatório ser aluno da PUC-Rio e nem de cursos em áreas de tecnologia. Além disso, todos os escolhidos receberão uma bolsa de estágio/pesquisa com remuneração mensal, desenvolvendo suas atividades em regime home office.

Dessa forma, alunos de todo o Brasil estão convidados a participar do pioneiro projeto de pesquisa, que pode envolver a tecnologia blockchain. As atividades exigirão ainda dedicação de 20 horas semanais dos participantes, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h.

As tendências tecnológicas de interesse deste programa são as Aplicações Inovadoras (Mobile, Web e Bots), Tecnologias de Registro Distribuído, como Blockchain, Ciência de Dados e Inteligência Artificial.

Blockchain é uma das principais diretrizes de inovação no Brasil hoje

Em maio de 2020, o Brasil iniciou uma ampla adoção de tecnologias para ampliar a inovação. Com a necessidade de digitalizar cada vez mais o atendimento ao público e processos vitais ao bom funcionamento do setor público, a blockchain foi uma das escolhidas para fazer parte dessa guinada tecnológica.

Assim, o BNDES foi o primeiro a assinar a parceria com a chamada Rede Nacional de Governo Digital, que envolve pesquisas em várias tecnologias para melhoria do país.

A tecnologia blockchain é conhecida no mercado de criptomoedas por ser utilizada em criptomoedas como o Bitcoin, garantindo transações seguras e rápidas, ao nível mundial.

Vale o destaque que a Petrobras abriu mais concursos além do Módulo Ignição, destinando até R$ 22 milhões para fomentar pesquisas em todas as iniciativas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Kid Bengala promete dar “madeirada” em quem vender criptomoeda

Após a sua grande carreira na indústria de filmes adultos, Clóvis Basílio dos Santos, mais conhecido como Kid Bengala, se tornou uma celebridade na internet...

Um dos maiores bancos dos EUA pode estar explorando empréstimos com Bitcoin

Com os bancos e outras instituições demonstrando cada vez mais interesse no criptomercado, podemos ver cada vez mais produtos ligados ao setor tradicional e...
Homem olhando bravo para notas amassadas de Real brasileiro enquanto segura o Bitcoin

Pesquisa revela que brasileiros acreditam no Real digital apenas no curto prazo

Muitos brasileiros acreditam no Real digital como uma tecnologia promissora de curto prazo, não para daqui a cinco anos. Pelo menos isso é o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias