Petrobras quer usar blockchain em processo de inovação

Parceria com a PUC-Rio possibilitou abertura de edital para fomentar inovação com tecnologias emergentes na maior estatal brasileira.

Siga no
Petrobras recebe plataforma para o Campo de Lula, na Bacia de Santos
Plataforma da Petrobras Publicado em 19/07/2018 04:56 Foto: Tania Regô/ Agência Brasil Local: Rio de Janeiro

A maior estatal brasileira, a Petrobras, quer utilizar a tecnologia blockchain em seu processo de inovação, com edital em aberto. Para viabilizar essa inovação, a empresa fechou parceria com a PUC-Rio.

As principais operações da Petrobras no Brasil são de Refinaria, Termelétricas, Terminais e Oleodutos e, por fim, a extração nas bacias. Essas e outras atividades levam energia para o Brasil, processo que envolve muita pesquisa e desenvolvimento para ser executado sempre da melhor maneira possível.

Para melhorar o desempenho de suas atividades, a empresa foca também na estratégia de desenvolvimento digital, com vários editais em aberto até o final de julho.

Vale o destaque que apesar de pública, a Petrobras é uma empresa de capital aberto, sendo o governo brasileiro o maior acionista. Suas ações são negociadas na bolsa com os símbolos PETR3 e PETR4.

Petrobras quer a Blockchain como tecnologia emergente em processo de inovação, confira os detalhes

Na última quarta-feira (15), a Petrobras anunciou a abertura de alguns editais para startups. Com inscrições até o final de julho, jovens com mais de 18 anos estão convidados a apresentar suas ideias para a gigante nacional, mesmo sem experiência prévia.

Em parceria com a PUC-Rio, 24 alunos de graduação serão selecionados pelo programa, para desenvolver a transformação do setor digital de óleo e gás. Entre as tecnologias que a estatal quer trabalhar, a blockchain é uma das principais do programa Petrobras Conexões para Inovação – Módulo Ignição.

“Esse programa confere relevante conhecimento tecnológico, metodológico e instrumental ao participante, além de trabalhar comportamentos empreendedores e criatividade. O participante desenvolverá projetos inovadores ao mesmo tempo que aprende, usufruindo do know-how da PUC-Rio e do conhecimento de mercado e orientação da Petrobras”, cita o edital em aberto.

De acordo com o edital do programa, para participar não é obrigatório ser aluno da PUC-Rio e nem de cursos em áreas de tecnologia. Além disso, todos os escolhidos receberão uma bolsa de estágio/pesquisa com remuneração mensal, desenvolvendo suas atividades em regime home office.

Dessa forma, alunos de todo o Brasil estão convidados a participar do pioneiro projeto de pesquisa, que pode envolver a tecnologia blockchain. As atividades exigirão ainda dedicação de 20 horas semanais dos participantes, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h.

As tendências tecnológicas de interesse deste programa são as Aplicações Inovadoras (Mobile, Web e Bots), Tecnologias de Registro Distribuído, como Blockchain, Ciência de Dados e Inteligência Artificial.

Blockchain é uma das principais diretrizes de inovação no Brasil hoje

Em maio de 2020, o Brasil iniciou uma ampla adoção de tecnologias para ampliar a inovação. Com a necessidade de digitalizar cada vez mais o atendimento ao público e processos vitais ao bom funcionamento do setor público, a blockchain foi uma das escolhidas para fazer parte dessa guinada tecnológica.

Assim, o BNDES foi o primeiro a assinar a parceria com a chamada Rede Nacional de Governo Digital, que envolve pesquisas em várias tecnologias para melhoria do país.

A tecnologia blockchain é conhecida no mercado de criptomoedas por ser utilizada em criptomoedas como o Bitcoin, garantindo transações seguras e rápidas, ao nível mundial.

Vale o destaque que a Petrobras abriu mais concursos além do Módulo Ignição, destinando até R$ 22 milhões para fomentar pesquisas em todas as iniciativas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

TradingView: Mercado cripto ainda tímido, analistas otimistas

Após forte alta, mercado sofre breve retração, que não foi o suficiente para tirar as esperanças dos analistas. Confira os estudos do TradingView. Lorena Almada O...
Ethereum enfrentando o Bitcoin

Ethereum vai deixar Bitcoin “no chinelo” após atualização?

A rivalidade entre as comunidades do Ethereum e do Bitcoin voltaram a ganhar força nos últimos dias, com uma atualização do Ethereum sustentando rumores...

Estudo revela que 40% dos investidores em bitcoin esquecem suas senhas

Uma das partes mais importantes na hora de manter criptomoedas com segurança é guardar as senhas em um lugar seguro, no entanto, é ainda...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias