Pior cliente que já tive, diz advogado de Sam Bankman-Fried

Na foto publicada pela Bloomberg, David Mills aparece com um boné com o número 3.419. Esse é o número de pessoas que ele tirou da prisão, mas Sam Bankman-Fried não entrou nessa soma.

Sam Bankman-Fried (SBF), fundador da falida corretora de criptomoedas FTX, foi considerado culpado por todas as sete acusações que enfrentava. Em conversa com a Bloomberg nesta terça-feira (12), o advogado David Mills afirmou que SBF foi o pior cliente que ele já teve.

Especializado em crimes de colarinho branco, Mills foi escolhido pela família de Sam Bankman-Fried para defendê-lo. Aceitando a missão como um trabalho pro bono, o advogado não cobrou nada por ser amigo de Barbara Fried e Joseph Bankman, pais de Sam.

Mills, no entanto, mostrou-se arrependido de ter aceitado o caso. Não pela derrota, já que seria difícil livrar SBF da cadeia, mas pela falta de cooperação do ex-bilionário.

“Não vou me envolver emocionalmente em um nível pessoal tão profundo em um caso como este novamente”, disse Mills à Bloomberg. “Eu simplesmente não vou fazer isso.”

Advogado teme que pais de SBF, os quais são seus amigos, joguem a culpa nele

Apesar de Barbara Fried e Joseph Bankman estarem sendo acusados de desviarem milhões da FTX para benefício próprio, em outro trecho o advogado de Sam Bankman-Fried destaca que os pais do ex-bilionário acreditam na inocência de seu filho. Indo além, David Mills teme que a culpa do veredito caía sobre ele de alguma forma.

“Preocupa-me, quando você acredita na completa inocência de seu filho, que precise culpar alguém e eu sou um provável candidato”, continuou Mills, acreditando que os pais de SBF o culpariam pelo veredito que levou seu filho para a cadeia.

“Minha tristeza por eles é extrema e não sei se nossa amizade sobreviverá a isso.”

Em resposta, Barbada e Joseph não mostraram nenhum rancor à Mills. Pelo contrário, elogiaram o seu trabalho, notando que “ele também tem sido um amigo incrivelmente firme e ficaremos gratos a ele por estar conosco em tempos difíceis, para sempre”.

Sam Bankman-Fried não se ajudou, diz seu advogado

Na foto publicada pela Bloomberg, David Mills aparece com um boné com o número 3.419. Esse é o número de pessoas que ele tirou da prisão, mas Sam Bankman-Fried não entrou nessa soma.

Embora seja difícil acreditar que Mills conseguiria livrar SBF da cadeia já que seus crimes eram evidentes, o advogado destacou que o fundador e ex-CEO da FTX não cooperou, sendo impossível vencer o caso.

“Ele deve estar no topo da lista como a pior pessoa que já vi fazer um interrogatório.”

Durante o julgamento, Bankman-Fried ignorou seu direito de ficar calado, ignorando conselhos de seu advogado enquanto confessava seus crimes. Em outras partes, parece que o ex-bilionário também estava tentando arrastar seus ex-colegas para a prisão consigo.

Seguindo, seu advogado destaca que os outros réus apresentaram a mesma história, jogando a culpa em SBF, mas que ele apresentou uma versão diferente do que aconteceu.

“Achei que era quase impossível ganhar um caso quando três ou quatro fundadores estavam dizendo que foi você quem fez isso. Mesmo que todos estejam mentindo descaradamente, é muito, muito difícil ganhar um caso como esse”, comentou Mills.

“Você tem cinco pessoas dizendo uma coisa, uma pessoa diz outra coisa. Bem, você não tem chance… zero.”

Por fim, Sam Bankman-Fried pode pegar até 110 anos de prisão. Seu julgamento está marcado para o dia 24 de março de 2024. No momento, o ex-bilionário já está preso no Centro Correcional Metropolitano de Nova Iorque, onde está negociando peixe em troca de outros bens e serviços.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias