Polícia apreende R$ 17 milhões em Bitcoin de “Pirata” de filmes e séries

O nome do site de pirataria de filmes e séries não foi informado.

A policial da Nova Zelândia apreendeu o equivalente a R$ 17.6 milhões em criptomoedas de um homem que estava envolvido com pirataria de filmes e séries. Além das criptomoedas, a polícia apreendeu também R$ 2.9 milhões nas contas bancárias do “pirata”.
O homem foi preso depois que a polícia concluiu uma investigação sobre sua atuação no site de pirataria de filmes e séries.

McIvor, que tem 31 anos, tentou disfarçar seu estilo de vida, vivendo em uma casa muito modesta com parentes. O que a polícia descobriu é que ele estava ganhando uma fortuna em criptomoedas, acumuladas por anos através do site de filmes piratas, violando direitos autorais.
De acordo com o jornal, McIvor (o pirata) não ostentava muito sua riqueza, apesar das grandes quantias que tinha sob sua posse. Além disso, ele morava em um imóvel alugado que compartilhava com um parente que também é procurado pelas autoridades dos EUA.

Polícia não divulgou nome do site

O nome do site de pirataria supostamente criado por McIvor não foi informado. A polícia disse que mais pessoas estão sendo investigadas nos Estados Unidos, Canadá e Vietnã.
A polícia divulgou um comunicado informando que havia apreendido US $ 6,2 milhões em criptomoedas e US $ 700.000 em contas bancárias do suspeito. A polícia acredita que o site de streaming criado pelo pirata rendeu cerca de US $ 5.3 milhões para McIvor.
Como esses fundos foram obtidos por meio ilegal, através de pirataria, e logo, violação de direitos autorais, o pirata pode responder também por lavagem de dinheiro. As autoridade disseram também que as investigações começaram depois que que a Receita Federal Americana (IRS) fez um alerta de que havia identificado atividades suspeitas nas contas do suspeito.
McIvor está preso e será julgado por administrar o site de streaming de filmes piratas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org

Últimas notícias