Blockchain Ethereum ajuda população da China driblar censura

Crise tem aumentado vigilância dos países!

Siga no
Soldados Chineses Carregando Bandeira da China - Imagem de Ray Wong por Pixabay
Soldados Chineses Carregando Bandeira da China - Imagem de Ray Wong por Pixabay

A censura em tempos de crise financeira aumentou consideravelmente, com a população da China buscando driblar estes efeitos com a Ethereum. Os tempos pós-crise reservam um aumento na vigilância, com possível perseguição a propriedade privada.

Em tempos de crise econômica, a população se refugia em suas casas e esperam por uma resposta da natureza e de seus governos. Alguns governantes certamente aproveitam a brecha para implementar mais medidas de controle.

Para o autor do best-seller “Sapiens – Uma Breve História da Humanidade”, Yuval Noah Harari, escolhas importantes chegam para as pessoas agora. A população da China tem feito sua parte, ao buscar escolher um caminho para a liberdade.

Privacidade abalada
Privacidade abalada

Na China, população busca sair de censura com criptomoeda Ethereum, destaca Forbes

De acordo com Roger Huang, na China e no Irã, dois países conhecidos por atuarem de forma rigorosa com sua população, o cenário tem sido drástico. Até as redes VPN têm sido atacadas pelo governo, para que as pessoas não tenham liberdade de sair para a internet global.

Em redes sociais, por exemplo, expressões e hashtags têm sido banidas. Entretanto, o governo da China, famoso por sua censura, não imaginava que para driblar suas condutas controversas usariam a Ethereum para sair para a rede mundial.

Uma entrevista extremante censurada na China, no início da pandemia do novo coronavírus, é o destaque. Enquanto foi totalmente banida de redes sociais, algumas pessoas subiram o material para a blockchain da Ethereum.

Dessa forma, o texto da repórter Sarah Zheng foi colocado na rede Ethereum, não sendo permitido ao governo chinês exluir o conteúdo. De fato, a blockchain é um banco de dados mundial e imutável, que não permite alterações em um conteúdo gravado.

A Forbes destacou que o texto, ainda que colocado na Ethereum em mandarim original, é uma nova forma de comunicação. A transação para salvar o texto na Ethereum custou apenas U$ 0,27, ou seja, o custo da liberdade, está baixo para os chineses.

China censura texto, que é publicado na íntegra na blockchain da Ethereum, por apenas U$ 0,27
China censura texto, que é publicado na íntegra na blockchain da Ethereum, por apenas U$ 0,27 – Reprodução/Etherscan

Preço da Ethereum (ETH) é destaque entre criptomoedas no ano de 2020

Se o uso da Ethereum para sair da vigilância em massa é destaque, seu preço tem refletido o bom momento. Nas últimas 24 horas, por exemplo, o preço da Ethereum segue cotado em U$ 144 (R$ 768). O preço aumentou mais que 1,4% no período.

Contudo, não é apenas este o ponto que deve ser observado, uma vez que a Ethereum valoriza 9% no ano em relação ao dólar. A moeda dos EUA tem sido uma das melhores opções para se proteger da crise, mesmo assim, a Ethereum ganhou mais valor.

Em outro ponto, a Ethereum ganhou mais que 1% de dominância de mercado em 2020. Ao iniciar o ano com 7% do valor de todas as criptomoedas, já chega em abril acima de 8%, mostrando que houve interesse em obter essa moeda. Em fevereiro, o valor foi acima de 10%.

Dominância da Ethereum no mercado de criptomoedas subiu em 2020, ultrapassando 10% em fevereiro
Dominância da Ethereum no mercado de criptomoedas subiu em 2020, ultrapassando 10% em fevereiro – Reprodução/CoinMarketCap

Censura poderá começar no Brasil em breve, com governo se posicionando a favor

Os brasileiros passarão a ser monitorados, segundo um projeto que tramita no governo federal. Mesmo com autores famosos defendendo a escolha do isolamento como uma atitude pessoal, o governo brasileiro não tem visto dessa forma.

A BBC News Brasil publicou nos últimos dias que o projeto tramita com status de “proteger a população do coronavírus”. Essa medida já teria sido adotada por vários países, e permitirá ao governo monitorar aglomerações de pessoas.

Privacidade dos dados
Privacidade dos dados

O governo não definiu ainda os detalhes do novo programa de vigilância em massa, que é defendido, principalmente, pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A pressa em criar a ferramenta é tanta, que já se fala que em duas semanas as pessoas estarão sendo monitoradas. Contudo, não é bem assim que se trata a privacidade dos dados de uma população.

De acordo com a Folha de São Paulo, a Anatel se posicionou sobre o projeto do governo federal. Apesar da agência reguladora não ser contra o projeto do governo, expôs preocupações com a privacidade da população brasileira.

Por fim, apesar da população brasileira não ser acostumada, como a China, a sofrer com censura, as criptomoedas, como a Ethereum e Bitcoin, por exemplo, já foram criadas. Ou seja, as defesas para este momento já foram pensadas e estão em funcionamento.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Presidente do Banco da Inglaterra sugere que criptomoedas estão com os dias contados

Durante um painel virtual de debate sobre moedas digitais em Davos, o presidente do Banco da Inglaterra, Andrew Bailey, disse que uma moeda digital "duradoura"...

Nietzsche aprovaria o Bitcoin?

"As empresas que vão a falência afetam os contribuintes com seus prejuízos”, mas “quando ganham dinheiro, ficam só pra eles”. É a chamada era...

Bolha do mercado de ações nos EUA está prestes a estourar, alerta o Bank...

Um dos maiores bancos dos Estados Unidos publicou um relatório alertando que a “forte alta” no mercado de ações em menos de 1 ano...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Nietzsche aprovaria o Bitcoin?

"As empresas que vão a falência afetam os contribuintes com seus prejuízos”, mas “quando ganham dinheiro, ficam só pra eles”. É a chamada era...

Bolha do mercado de ações nos EUA está prestes a estourar, alerta o Bank of America

Um dos maiores bancos dos Estados Unidos publicou um relatório alertando que a “forte alta” no mercado de ações em menos de 1 ano...

“Bitcoin será destruído com a regulamentação governamental”, diz professor de Harvard

A previsão para o preço futuro do Bitcoin é algo muito comum no criptomercado, alguns acreditam que, até o fim deste ano, teremos o...

“Bitcoin é uma bolha, mas o sistema financeiro mundial é uma bolha maior”, diz ex-analista da Bridgewater

Não é de hoje que os críticos do Bitcoin apontam a criptomoeda como uma bolha financeira. Em dezembro de 2017 talvez tenha sido o...

Empresa listada na Nasdaq compra R$ 820 milhões em Bitcoin

A Marathon Patent Group, empresa de capital aberto listada na Nasdaq, comprou 4.812 bitcoins por um total de US $ 150 milhões, aproximadamente R$...