Por que investidores em Bitcoin tremem no mês de março

Quedas significativas ocorreram em março dos últimos anos.

Siga no
Bitcoin
Bitcoin

Assim como Wall Street tem medo dos meses de outubro devido as recorrentes quedas das ações no mercado, a curta história das criptomoedas nos diz que março é um mês vermelho.

Durante a história do Bitcoin, os únicos anos em que a moeda digital saiu do mês de março em alta foram 2013 e 2019.

Eventos passados obviamente não significam que vão se repetir no futuro, mas ainda sim os entusiastas se lembram que o mês de março costuma ser difícil.

Em 2020, por exemplo, o motivo da baixa foi o crash causado pela pandemia, algo que não havia sido visto em outros anos.

O Bitcoin e outras criptomoedas foram afetados assim como ações em todo o mundo, com os investidores tendo que assumir perdas e liquidar todos os tipos de ativos para cobrir as obrigações.

A maioria dos analistas do setor estão com opiniões otimistas sobre o preço do Bitcoin no longo prazo, com alguns até prevendo uma meta de preço de US $ 100.000 no final do ano.

Porém, se os dados históricos se repetirem, os investidores podem começar a ver quedas neste mês.

Desempenho Bitcoin Por Mês
Desempenho Bitcoin Por Mês

O maior crash foi visto em março de 2018, quando o Bitcoin caiu mais de 37%, seguido pelo crash de março de 2020 induzido pela pandemia. Alguns analistas acreditam que essa queda periódica em março se deve a razões fiscais.

Apesar de quedas serem certeiras em anos anteriores, alguns analistas não acreditam que o mesmo ocorrerá este ano.

Alguns dos motivos incluem o recém-descoberto interesse e apoio institucional ao Bitcoin, junto com sua correlação decrescente com o ouro.

Quando o mercado começa a se corrigir, a tendência de baixa pode durar várias semanas, com quedas sucessivas, e alguns analistas começaram a falar sobre a influência de março quando no final de fevereiro o preço do Bitcoin despencou para perto de US $ 44.000, o que coloca investidores em alerta.

Apesar do histórico pessimista, esta semana trouxe um pouco de tranquilidade com o preço da moeda digital voltando para valores acima de US $ 50 mil.

Mas o mês de março apenas começou.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Ethereum no pano

Ethereum ultrapassa Netflix, Coca-Cola e L’Oreal em valor de mercado

Na manhã deste sábado (10), o Ethereum, segunda maior criptomoeda do mundo em termos de capitalização de mercado, estabeleceu um novo recorde de preço,...
Bandeira da Rússia amassada

Banco central russo deve lançar moeda digital em 2023

Funcionários do Banco Central da Rússia revelaram que estão trabalhando no desenvolvimento do Rublo digital, a moeda digital do país que deve ser lançada...

As falácias do consumo de energia do Bitcoin

O tópico mais recente na indústria de criptomoedas é o consumo de energia de prova de trabalho (Proof-of-work ou PoW) do Bitcoin e se...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias