Portugal prevê uso de criptomoedas e blockchain no setor bancário

Projeto financiado pela União Europeia busca reduzir custos de bancos e aumentar eficiência do setor.

Siga no
Bitcoin e Euro Europa Portugal criptomoedas
Bitcoin e Euro

Um estudo na União Europeia, com foco em Portugal, prevê o uso das criptomoedas e da tecnologia blockchain no setor bancário. Iniciado em 2019, o projeto termina em junho de 2021.

Com o crescimento das startups pelo mundo, os reguladores correm contra o tempo para entender as nuances do setor. Algumas dessas empresas trabalham com finanças, chamadas então de fintechs.

Contudo, o setor das fintechs concorre diretamente com grandes instituições financeiras pelo mundo. Os bancos então pressionam por regulamentações, tanto de fintechs, quanto de criptomoedas, como o Bitcoin, por exemplo.

A União Europeia investe 2.5 € milhões em um projeto que prevê a regulamentação do setor.

Estudo com participação de Portugal prevê adoção e uso das criptomoedas, blockchain e Inteligência Artificial por bancos

O estudo promovido pelo INESC TEC em Portugal faz parte do chamado Horizonte 2020, conduzido pela União Europeia. Com a programação chegando ao final, previsto para junho de 2021, é esperado que os reguladores da Europa entendam melhor conceitos de inúmeras inovações.

Dentre elas, estariam as criptomoedas e a tecnologia blockchain que, de acordo com o INESC TEC de Portugal, são importantes para inovar o setor bancário. O estudo prevê que essas tecnologias, assim como a Inteligência Artificial e Big Data, possam ajudar na redução de custos bancários.

De acordo com uma professora da Faculdade de Economia do Porto (FEP), Paula Brito, até a CVM de Portugal estaria envolvida no projeto.

“Existe atualmente na Europa uma grande necessidade de melhorar a competitividade do setor FinTech, assente num enquadramento regulatório comum, que além de outros objetivos, crie condições para a inovação assente em análises de Big Data, IA e tecnologias blockchain e permita aos agentes económicos a medição correta e a gestão eficiente de riscos. O projeto assenta em duas áreas: a formação e o desenvolvimento de modelos de gestão de risco baseados em blockchain e IA. Em Portugal temos trabalhado com a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), fornecendo formação para que seja possível aumentar a eficiência das atividades de supervisão utilizando estas tecnologias”, afirmou a professora da FEP.

Pagamentos com blockchain e criptomoedas são avaliados por estudo

Uma das avaliações do estudo ainda contempla os riscos associados a pagamentos com tecnologias blockchain e criptomoedas. Os modelos de gestão de riscos do estudo de Portugal utilizam IA e blockchain, com código aberto.

Para outro professor da FEP, Carlos Alves, o ensaio de Portugal sobre criptomoedas, blockchain e fintechs de modo geral, ajuda a CVM do país, o Banco Central de Portugal, entre outros órgãos públicos do país.

“O impacto deste projeto é transversal uma vez que os modelos de gestão de risco são igualmente úteis a todo o setor bancário e financeiro e entidades como a CMVM, o Banco de Portugal, ou a Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões beneficiarão de soluções de gestão de risco partilhado que automatizem as soluções das Fintech e aumentem a eficiência das atividades de supervisão”, afirmou Carlos.

Participam deste estudo todos os 28 Estados-membros da União Europeia e Suíça, entre diversas entidades. Por fim, o projeto poderia ajudar em uma eventual adoção da tecnologia por bancos e fintechs, o que seria bom para melhorar a visão do velho continente sobre criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Roberto von der Osten, da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)

Bitcoin é inevitável, diz sindicalista da CUT

O sindicalista Secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Sistema Financeiro (CONTRAF-CUT), Roberto von der Osten, disse em um programa de...

Axie Infinity não pagará mais jogadores iniciantes

Axie Infinity ainda é um dos grandes sucessos dos jogos blockchain, representando uma oportunidade para muitos conseguirem ganhar enquanto jogam. No entanto, novas mudanças...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

NASDAQ indica que ETF de Bitcoin pode ter sido aprovado, preço dispara

Os investidores de Bitcoin tem aguardado ansiosamente por uma possível aprovação de um ETF de Bitcoin, o que poderia fazer o preço do ativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias