Precisamos falar sobre a inflação das criptomoedas

No início, realmente o Bitcoin era uma moeda inflacionária, mas passados 12 anos, tornou-se um dos ativos mais escassos do mundo. 

Siga no

Inflação parece algo que não combina muito com criptomoedas, afinal, se refere ao aumento de preços de produtos e serviços. No entanto, esta inflação que conhecemos é o resultado de políticas de expansão da base monetária e de incentivos econômicos.

Ou seja, o que causa a inflação é mais moeda em circulação, seja através de empréstimos, juros mais baixos, ou incentivos. O mesmo ocorre nas criptomoedas, com a emissão através da mineração, no caso da Prova de Trabalho (PoW), ou validação, na Prova de Participação (PoS).

Bitcoin possui inflação?

Sim, a inflação equivalente atual é de 1,76% ao ano. Isso porque são criados 6,25 novos bitcoins a cada bloco minerado, sendo cerca de 144 por dia. Cabe lembrar que este subsídio é reduzido a cada 4 anos aproximadamente, no processo conhecido como ‘halving’.

Fornecimento bitcoin por ano
Fornecimento bitcoin por ano

Repare como a curva praticamente para de crescer em 2031. No início, realmente o Bitcoin era uma moeda inflacionária, mas passados 12 anos, tornou-se um dos ativos mais escassos do mundo. 

Isso porque o ouro possui uma extração anual de 3.500 toneladas, ante um estoque estimado de 200.000. Em resumo, uma inflação equivalente de 1,75%, embora não seja possível verificar tal informação, pois nem todo produtor é regulado.

Quais as moedas mais inflacionárias?

A ferramenta Messari Screener, concorrente do CoinMarketCap, disponibiliza uma coluna “Y+10 marketcap”, ou seja, a capitalização de mercado projetada em 10 anos incluindo a impressão de novas moedas.

O Bitcoin cresce pouco, dos atuais US$ 842 bilhões para 930, ou seja, 10,5% de novas moedas em 10 anos.

Y+10 marketcap
Y+10 marketcap

De cara, Polkadot (DOT) assusta com 159% de novas moedas em 10 anos. Em seguida, temos Ripple (XRP), que apesar de ser pré-minerada, possui moedas retidas, liberadas mensalmente. Desse modo, sua quantidade em circulação irá crescer em 184% ao longo de 10 anos. Ou seja, para XRP manter os atuais US$ 18 bilhões de capitalização, a cotação unitária precisa cair 64%.

Seguindo a lista, temos ChainLink (LINK) aumentando 147%, Uniswap (UNI) em 325%, e Cosmos (ATOM) com alta de 106%. Em outras palavras, a cotação da Uniswap teria que ceder 77% para manter a capitalização de mercado atual de US$ 5,5 bilhões.

Basta mudar a regra de emissão?

A princípio, sim, provavelmente alguns desses projetos vão perceber o estrago que faz essa enxurrada de novas moedas entrando em circulação a cada ano. No entanto, correm o risco de cair em outro problema, a desconfiança na manutenção de sua política monetária.

Além disso, usualmente uma parte considerável dessas novas moedas são utilizadas para remunerar validadores, desenvolvedores, parcerias, e marketing. Será que o projeto para de pé sem isso? Essa é a grande questão.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Marcel Pechman
Marcel Pechman é trader e analista de criptomoedas desde 2017. Atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Além de YouTuber em seu canal RadarBTC, foi reconhecido em diversas premiações como um dos maiores interlocutores do Bitcoin do país. Maximalista convicto, acredita na falência da moeda fiduciária, aquela emitida por governos.
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...
Pessoa guardando Bitcoin em carteira

Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin...

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras. A análise foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias