Preço das criptomoedas de Metaverso pode ter relação com ações do Meta, do Facebook

Beneficiadas pela mudança de nome do Facebook para Meta, as criptomoedas do metaverso tornaram-se a última moda do setor e viram seus preços dispararem nos últimos meses. Entretanto, a atual queda semanal das ações do Meta pode ter impacto no preço destas criptomoedas.

Embora ainda seja cedo para falar sobre o futuro do metaverso, é importante notar que alguns tokens já estão apresentando correções consideráveis. E ainda que o Bitcoin tenha certa influência nisso, o Meta também pode estar por trás desta recente queda.

Apesar de ter respirado durante um mês após a mudança de nome, o Meta já voltou a ser um investimento ruim. Não apenas com o preço de suas ações caindo, como também em adoção já que o metaverso das criptomoedas está atraindo tanto indivíduos quanto empresas em ritmo mais acelerado.

Meta e metaverso

Embora a mudança de nome de Facebook Inc. para Meta Plataforms Inc. tenha feito suas ações parerem de sangrar — apresentando uma valorização de quase 15% no mês de novembro — elas voltaram a despencar nas últimas semanas.

Preço das ações da Meta Plataforms Inc. Fonte: TradingView

Ao abrir o mês de dezembro com forte queda — 8,66% no momento —, isso pode ser um sinal vermelho para o metaverso das criptomoedas que também começaram mal o mês de dezembro. Indicando correlação entre estes dois mundos.

Criptomoedas do metaverso em queda. Fonte: CoinGecko

Mesmo com negociações de grandes valores em NFTs — como terrenos e iates virtuais — neste último período, quase todas as maiores criptomoedas do metaverso estão apresentando baixas nos três períodos de tempo mostrados pelo CoinGecko.

Além da possível relação com o desempenho do Meta, também é válido notar que o Bitcoin, também em queda nesta semana (-5,9%), ainda aparenta ser o maior influenciador das altcoins.

Meta quer se enturmar no metaverso

Outro ponto curioso é que o Meta, maior responsável pelo florescimento deste setor, está querendo se enturmar com projetos de criptomoedas. Isto pode ser visto no Twitter nesta quinta (1) e sexta-feira (2) quando o perfil oficial do projeto comentou em tweets da Adidas e do The Sandbox.

“Adoro ver isso! O metaverso está melhorando a cada dia”

“Mal podemos esperar para ver a Adidas no metaverso”

Conforme é difícil acreditar que o Meta integre criptomoedas em suas plataformas — já que ao invés de usar uma criptomoeda como o Bitcoin, tentou criar a sua própria, a Libra/Diem —, estes comentários parecem ser um pedido de socorro.

Afinal as pessoas já estão percebendo que é melhor participar de metaversos descentralizados, com possibilidade de participar da sua economia, do que ter seus dados vendidos para aumentar a receita, oriunda de vendas de anúncios, de uma empresa.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias