Iate virtual é vendido por R$ 3,7 milhões no Metaverso

O The Sandbox, cuja moeda nativa é a SAND, é uma mescla de Minecraft e Roblox, no qual usuários podem criar suas próprias cidades, ativos e até mesmo jogos dentro deste jogo.

Siga no

O setor do Metaverso parece estar ganhando cada vez mais tração nos últimos dias, após a venda de um terreno por R$ 14 milhões no Axie Infinity e outro de R$ 17 milhões no Decentraland, um iate virtual foi negociado por 149 ETH (R$ 3,7 milhões) na última quinta-feira (25).

O The Sandbox, cuja moeda nativa é a SAND, é uma mescla de Minecraft e Roblox, no qual usuários podem criar suas próprias cidades, ativos e até mesmo jogos dentro deste jogo. Dentre as coleções estão itens feitos em parcerias com grandes nomes como Atari, Snoop Dogg e The Walking Dead.

Hoje a tecnologia blockchain está apenas fazendo com que estas economias de jogos mesclem-se com a economia real, permitindo que jogadores possam ganhar dinheiro, como também pode resolver algumas falhas técnicas experienciadas há décadas por jogos que contém colecionáveis.

Tão caro quanto um iate físico

Negociado nesta última quinta-feira por 149 ETH, equivalente a 3,7 milhões de reais, o preço deste super mega iate virtual chama a atenção por ser parecido com os preços de iates da vida real.

Chamado de Metaflower, este iate flutuará nas águas do The Sandbox (SAND), um metaverso onde os usuários podem comprar não apenas terras como também personagens, casas, mobílias e outros itens.

Seu comprador permanece anônimo, as únicas informações é que a carteira começou a ser utilizada há menos de um mês. Embora este iate seja seu único NFT, o endereço possui mais 14.851 ETH (R$ 363 milhões) parados, indicando que talvez ele venha a se tornar um grande colecionador de NFTs no futuro.

The Metaflower Super Mega Yacht. Fonte: OpenSea

“O Metaflower é um de um megayate ultra luxuoso. Com cabine de DJ, heliporto e banheira de hidromassagem, entre outras comodidades, este NFT da Fantasy Collection fornece acesso ao The Fantasy Marina e foi projetado para ser a joia da coroa do The Sandbox.”

Criado pela Republic Realm, desenvolvedora de imóveis de luxo, sua coleção chamada de Fantasy Collection também conta com ilhas privadas, jet skis e lanchas. Os jet skis, em média, estão sendo negociados por 0,2 ETH (R$ 5.000), já a última lancha foi negociada por 3,49 ETH (R$ 85.000), ainda longe do preço do super mega iate.

Como o registro de propriedade em blockchain ajuda em jogos

Além de beneficiar diretamente os criadores de conteúdos, como no caso do iate no The Sandbox, agora os usuários também podem negociar itens de jogos por dinheiro de forma direta. Ou seja, embora itens e dinheiros de jogos pudessem ser negociados de forma externa, esta economia era barrada pelos próprios desenvolvedores, já agora ela é incentivada.

O registro de itens em uma blockchain também evita outros tipos de fraudes como duplicação de itens. Como exemplo temos o New World, criado pela Amazon, que sofreu com este problema recentemente apesar desta falha já ser aproveitada por usuários maliciosos há decadas em outros jogos como Mu Online e Tibia.

Por fim, a tecnologia blockchain não apenas resolve problemas como este citado acima como também permite que a economia do jogo se mescle com a do mundo real. Mesmo permitindo que jogadores ganhem dinheiro, estas empresas também não deixam de ganhar, afinal podem cobrar comissões em seus mercados, sendo incentivadas a continuar melhorando a experiência do usuário.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.
Criptomoedas

5 criptomoedas para ficar de olho em 2022

O mercado de criptomoedas tem se mostrado cada vez mais promissor, cenário que deve se expandir ainda mais em 2022. À medida que esse...
Bitcoin sob pressão na Rússia, mineração, negociação, compra e venda

Além da Rússia, mais países pretendem banir o Bitcoin, diz minerador brasileiro

A mineração de Bitcoin poderá ser banida por mais países além da Rússia, segundo o minerador brasileiro Ray Nasser, CEO da Arthur Mining. No...
Robert Kiyosaki

Robert Kiyosaki diz que crash do Bitcoin é uma “excelente notícia” – “Hora de...

Não é segredo para ninguém que o mercado de criptomoedas está em um período bem complicado, com uma correção que começou na virada do...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias