Preço do Bitcoin vai subir em quatro meses, se padrão confirmar

Padrão foi analisado por um analista e mostra cenário promissor.

Siga no
Trader analisando Preço do Bitcoin
Trader analisando Preço do Bitcoin

O preço do Bitcoin não tem saído da região de U$ 9200-9500 há alguns dias, mas pode subir nos próximos quatro meses, caso um padrão se confirme. Cabe o destaque que a liquidez nas corretoras tem diminuído, e os traders aguardam por definições.

O preço do Bitcoin é definido pela sua negociação em bolsas de criptomoedas, espalhadas pelo mundo. Nessas plataformas, traders do mundo todo buscam comprar e vender criptomoedas para maximizar suas quantidades e lucrar com oscilações.

Além disso, alguns traders buscam entender o comportamento do preço do Bitcoin um mês após o halving. Isso porque, com um medo anterior de que os mineradores estariam vendendo muitas moedas hoje e o preço poderia ser negativamente impactado, muitos encerraram suas posições.

Movimento canguru pode terminar e preço do Bitcoin poderá subir muito nos próximos quatro meses caso padrão de mercado confirme

Com uma boa valorização frente ao dólar, o Bitcoin já viu seu preço aumentar 34% em 2020, considerando a cotação atual em U$ 9600. Ao iniciar o ano cotado em U$ 7200, os investidores passaram por vários momentos importantes, inclusive o halving, que elevou as expectativas até maio, repercutindo no preço.

Em relação ao real, o Bitcoin amanhece nesta terça (23) cotado acima de R$ 50 mil, marca importante no país. No par de negociações BTC/BRL, a moeda já ganha 75% de valor, apenas em 2020, tendo iniciado o ano em R$ 29 mil por unidade. Muito desse desempenho tem relação com a força do dólar frente ao real, uma vez que a moeda norte-americana tem tido uma alta sem precedentes.

Mesmo assim, nos últimos dias (desde o dia 17 principalmente), o preço do Bitcoin tem agido em formato canguru. O animal foi o escolhido para indicar um movimento de mercado lateral, quando o preço oscila dentro de uma faixa definida. No caso do Bitcoin, o movimento canguru tem sido visto principalmente entre U$ 9200-9500.

Contudo, um detalhe que passa despercebido por alguns é o volume de negociações em corretoras. Com baixo volume no fim de maio e início de junho, as negociações tem diminuído junto ao movimento de saques de clientes. De acordo com um analista, as baleias de Bitcoin tem sacado suas moedas de corretoras nas últimas semanas.

Saques de baleias podem ser sinal positivo no médio prazo

As baleias são aqueles usuários que negociam muitas moedas, sendo pelo menos mil Bitcoins em sua posse. Como são poucos usuários a ter a quantidade, seus movimentos são acompanhados de perto por analistas do criptomercado.

De acordo com Ki Young Ju, CEO da CryptoQuant, o momento atual é interessante para aqueles que querem comprar Bitcoin. Isso porque, quando as baleias sacam suas moedas de corretoras, o preço do Bitcoin tende a subir em quatro meses, sendo um padrão visto nos últimos anos.

Compre #BTC quando as baleias enviam bitcoins para fora da troca. O mercado BULL geralmente começa quatro meses depois que a retirada média do câmbio atinge o ano inteiro.

Para sustentar sua observação, o analista apresentou imagens pelo Twitter do padrão no ano de 2017 e no fim de 2018. Em ambos os casos, sempre que um movimento de retirada em grande volume de corretoras acontece, após quatro meses o preço do Bitcoin sobe.

Nos últimos meses, o Bitcoin tem passado por bons momentos, sendo até considerado uma boa reserva de valor em meio a pandemia. Além disso, o Paypal poderia começar a negociar as criptomoedas para seus milhares de clientes.

Ou seja, além do padrão detectado por Ki Young Ju, os fundamentos do Bitcoin tem ficado mais fortes e poderá atrair interesse de possíveis compradores. Entretanto, cabe o destaque que a média de negociações em corretoras, em junho de 2020, poderá ser a pior do ano, indicando baixo volume.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...

Últimas notícias

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...

Irritado com pandemia, Kim Jong Un executa doleiro

O ditador da Coreia do Norte está bastante irritado com a pandemia do corona vírus e seus impactos na economia, de acordo com a...