Prefeitura de Santos quer contratar programador blockchain

Município de Santos abriu edital para processo seletivo para vários cargos.

Vista aérea de Santos, Brasil
Vista aérea de Santos, Brasil

A Prefeitura de Santos, por meio de Prodesan, quer contratar um programador com conhecimentos específicos em blockchain, de acordo com um novo edital público. Essa tecnologia tem ganhado força em todo Brasil nos últimos anos.

Muito em parte é devido ao fato da blockchain ser reconhecida como estratégia de Governo Digital no Brasil. Ou seja, órgãos públicos que quiserem trabalhar com essa podem fazer legalmente.

Além disso, há um incentivo em criar com a tecnologia crescente, visto que recentemente foi lançada até uma iniciativa chama Rede Blockchain Brasil (RBB), pelo TCU e BNDES.

Não está claro ainda como a cidade de Santos espera se beneficiar da tecnologia e se há algum plano concreto para uso desta.

Prefeitura de Santos quer contratar programador com conhecimentos em blockchain

Nos últimos dias a Prefeitura de Santos, por meio do PRODESAN (Progresso e Desenvolvimento de Santos), lançou um novo edital para o preenchimento de várias vagas ociosas no órgão público. Essa empresa de economia mista ajuda a cidade do litoral paulista a organizar o meio urbano e levar progresso ao local.

Entre as atividades que o Prodesan ajuda estão Apoio a Limpeza Pública, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia, Tecnologia da Informação, entre outros mais.

Dessa forma, o edital para preenchimento de vagas de 36 cargos foi divulgado nos últimos dias, para um processo seletivo que chama atenção.

Isso porque, para o cargo de Analista de Desenvolvimento Júnior (Mobile), é necessário conhecimentos específicos em blockchain e contratos inteligentes (smart contracts). O salário para esse cargo é de R$ 5.901,47, pela carga horária mensal de 220 horas.

O candidato deve ter obrigatoriamente concluído curso superior em Tecnologia da Informação e, se aprovado, ficará no Cadastro Reserva aguardando uma oportunidade. As inscrições para a prova começam no dia 20 de junho e vão até 28 de julho.

Uso da blockchain nas cidades brasileiras

O uso da blockchain nas cidades brasileiras começa a crescer, com as principais capitais de olho na inovação. Em 2021, por exemplo, uma vereadora de São Paulo propôs o uso da blockchain para maior transparência nas contas da cidade.

Já em Santa Catarina, no município de Itajaí, alunos de uma faculdade discutiram as aplicações com blockchain em um âmbito das cidades inteligentes, um assunto em alta pelo mundo.

Vale lembrar que o Rio de Janeiro também está de olho na tecnologia blockchain, querendo atrair negócios do setor para seu ecossistema de inovação, com planos de aceitar até o Bitcoin como meio de pagamento de tributos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias