Presidente de El Salvador fala sobre queda do bitcoin

No total, o país detém atualmente 2.300 bitcoins adquiridos por cerca de US$ 105 milhões e um custo médio de US$ 45.908.

Presidente de El Salvador, Nayib Bukele
Presidente de El Salvador, Nayib Bukele. Twitter.

O presidente de El Salvador Nayib Bukele falou sobre a queda do bitcoin, aconselhando os investidores a não se preocuparem com os preços. Segundo ele, o preço da moeda digital subirá “imensuravelmente” após o atual ciclo de baixa.

O Bitcoin vem enfrentando queda e chegando a ser negociado abaixo de 20 mil dólares pela primeira vez desde dezembro de 2020. A moeda digital está sendo negociada a US$ 18.548 neste domingo, com um valor de mercado de US$ 354 bilhões.

O pânico se espalhou por todo o mercado de criptomoedas, deixando investidores preocupados com o futuro dos ativos digitais.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, pediu calma em tempos de queda. Em uma mensagem no Twitter, o presidente Bukele escreveu:

“Vejo que algumas pessoas estão preocupadas com o preço do bitcoin. Meu conselho: pare de olhar para gráficos e aproveite a vida. Se você investiu em bitcoin, seu investimento está seguro, seu valor aumentará imensamente após o mercado de baixa. O principal é a paciência”, escreveu Bukele.

El Salvador e bitcoin

El Salvador começou a comprar Bitcoin em agosto de 2020 e já acumulou mais de 2300 bitcoins como parte de seu Tesouro. Sua mais recente compra de Bitcoin foi no início de maio de 2022.

A primeira compra foi de 200 bitcoins por US$ 10.353.812 a um preço médio de US$ 51.770 por bitcoin. No momento da redação deste artigo, essa primeira compra caiu 63%.

El Salvador comprou mais Bitcoin em momento de queda. O presidente Nayib Bukele anunciou mais duas compras em 2022, mesmo com os preços caindo ainda mais.

A última compra foi em 9 de maio de 2022, quando El Salvador adquiriu 500 BTC por US$ 15,3 milhões a um custo médio de US$ 30.744 por bitcoin.

No total, o país detém atualmente 2.300 bitcoins adquiridos por cerca de US$ 105 milhões e um custo médio de US$ 45.908.

O valor dos investimentos em bitcoin do país latino-americano já caiu mais de 50%. Com o preço do Bitcoin abaixo de 20 mil dólares, as participações em bitcoin de El Salvador agora valem cerca de US$ 44 milhões – uma queda de mais de 58%, com mais de US$ 61 milhões em perdas.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) criticou a decisão de El Salvador de aceitar Bitcoin como moeda legal e aconselhou o país fortemente contra isso. O relatório do FMI listou as desvantagens do Bitcoin como:

“Bitcoin envolve grandes riscos para a integridade financeira e do mercado, estabilidade financeira e proteção ao consumidor. Também pode criar passivos contingentes.”

No entanto, o país ignorou as advertências do FMI. O presidente do país é um forte apoiador do bitcoin que acredita que a criptomoeda é o futuro.

Além disso, o Bitcoin reduz a dependência do país em relação ao dólar americano, que é a única outra moeda oficial de El Salvador.

Tanto o ministro das Finanças quanto o presidente de El Salvador foram acusados ​​de prejudicar a saúde financeira do país. No entanto, o Ministro Z el aya respondeu com confiança :

“Quando me dizem que o risco fiscal para El Salvador por causa do Bitcoin é muito alto, a única coisa que posso fazer é sorrir.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias