Presidente do Fed teme as moedas digitais, incluindo o dólar digital

Jerome Powell, presidente do Federal Reserve dos EUA, mostrou-se preocupado com a evolução do dinheiro nesta quarta-feira (23) durante sua fala em painel sobre moedas digitais organizado pelo BIS, conhecido como o banco central dos bancos centrais.

Sua declaração ocorre enquanto o Fed decide se a criação do dólar digital pode oferecer mais riscos do que benefícios. Entretanto, o mercado privado já está suprindo a demanda por tais ativos, e isto preocupa Powell.

Como destaque, o presidente do Fed afirmou que a atual estrutura regulatória está defasada. Em outras palavras, Powell quer que o mercado seja melhor regulado e isso vale tanto para as criptomoedas quanto para a possível CBDC dos EUA.

EUA não estão preparados para moedas digitais

Embora as stablecoins já existam há mais de 7 anos, é notável que quase nenhum país tenha uma legislação que aborde estes ativos diretamente. Como os EUA não são exceções, o presidente do Fedederal Reserve, Jerome Powell, afirmou nesta quarta-feira (23) que eles não estão preparados para tais moedas.

“Nossas estruturas regulatórias existentes não foram construídas com um mundo digital em mente”

Seguindo, Powell destaca que o problema vai muito além das criptomoedas, em especial as stablecoins, afirmando ser necessário mudanças na lei antes que a CBDC dos EUA, o dólar digital, possa ser criado. Suas falas foram registradas pela Associated Press.

“Stablecoins, moedas digitais do banco central e finanças digitais em geral exigirão mudanças nas leis e regulamentos existentes ou até mesmo regras e estruturas totalmente novas.”, afirmou Jerome Powell, presidente do Fed.

Mercado de criptomoedas não reagiu

Apesar do pedido de maior regulação pelo presidente do Fed, o mercado de criptomoedas segue sem variações negativas. Em especial, Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) seguem com leve baixa de 1% enquanto outras criptomoedas seguem com ótimo desempenho na semana.

O motivo pode estar ligado ao foco de Powell: as stablecoins. Afinal, segundo ele, no dia a dia estas moedas apresentam maior apelo do que criptomoedas como o Bitcoin. Além disso, seus emissores são quase como bancos.

Por fim, os EUA parecem estar buscando proteger consumidores e isso vale tanto para criptomoedas quanto o possível dólar digital, ainda não criado. Como destaque, diversas pessoas, incluindo Powell, temem que pela privacidade de seus usuários com o lançamento da CBDC americana.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias