Procon Chapecó apura denúncias contra empresa de criptomoedas

Novo caso no Estado de Santa Catarina chamou atenção de autoridade.

Moedas torcidas com símbolo de bitcoin na luz vermelha
Moedas torcidas com símbolo de bitcoin na luz vermelha

O Procon na cidade de Chapecó, instaurou um procedimento investigativo contra uma empresa que está prometendo rendimentos com criptomoedas.

A instituição municipal atende presencialmente na Arena Condá, o Estádio da Associação Chapecoense de Futebol, e está recebendo investidores do possível esquema no horário entre 13 e 19 horas, de segunda a sexta-feira.

As reclamações que chegaram contra o negócio estão sendo apuradas, com a empresa devendo se manifestar nos próximos 10 dias.

Procon de Chapecó
Procon de Chapecó /Divulgação

Procon Chapecó instaura portaria para apurar possível golpe de empresa de criptomoedas

De acordo com o Procon Chapecó, foi aberto na última semana um processo administrativo contra uma empresa de criptomoedas que está atuando na cidade. Com essa atuação, a empresa está captando recursos sem autorização.

Muitos investidores que se depararam com a empresa que não teve seu nome revelado receberam a proposta de investimento com um alto retorno financeiro. O órgão público não divulgou também qual o percentual de retorno oferecido e em qual prazo.

De qualquer forma, muitos investidores já procuraram o Procon para denunciar o caso, inclusive daqueles que reclamam não ter recebido valores prometidos pela empresa. Assim, foi dado um prazo de dez dias para que explicações fossem dadas pelos representantes do possível golpe.

“A empresa estaria prometendo retorno financeiro acima das taxas médias praticadas no mercado. No entanto o Procon tem recebido muitas reclamações de não pagamento dos valores e por isso deu dez dias para a empresa prestar esclarecimentos sobre supostas práticas abusivas.”

Ministério Público será informado do caso

Segundo a portaria do Procon, após as primeiras investigações e passado o prazo de 10 dias, o Ministério Público de Santa Catarina será informado sobre o problema e decidir então se haverá uma investigação mais ampla sobre o caso.

A Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor orientou que os investidores vão até a sede do Procon na Arena Condá para denunciar o caso, ou liguem pelo telefone 49-3319-1102.

Caso se confirme, esse será mais um caso de golpe contra investidores com promessas de rendimentos altas associadas a criptomoedas. É comum que em golpes assim os investidores recebam o convite para participar de algum conhecido, com a estratégia chamada marketing multinível.

Como a promessa de retorno é acima do mercado, normalmente 5%, 10% ou até 30% ao mês, muitos se aventuram fazendo empréstimos, vendendo carros e casas para aportar nos esquemas fraudulentos, que costumam durar não mais que três meses, deixando milhares de pessoas em prejuízo.

O Livecoins tentou falar com o Procon de Chapecó para obter mais informações, mas o telefone não atendeu.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias