“Profeta de Wall Street” diz que Bitcoin e o mercado financeiro são bolhas prestes a estourar

"Há muito dinheiro circulando e as pessoas não sabem o que fazer com isso".

Siga no
Gary 'Shilling'. Imagem: Flirck
Gary 'Shilling'. Imagem: Flirck

Um antigo investidor de Wall Street, ironicamente chamado de Gary ‘Shilling’, e também conhecido como o Profeta de Wall Street, fez uma previsão sobre o Bitcoin e o mercado financeiro, segundo ele, tanto o mercado de criptomoedas quanto o mercado de ações globais estão passando por um período similar à bolha das Tulipas, que afetou a Holanda em 1600.

O termo ‘Shilling’ no mercado de criptomoedas é usado em referência a uma pessoa que tenta promover altcoins ou ações duvidosas. Esse apelido vem do fato de que ele conseguiu prever as últimas crises do mercado financeiro, mais notavelmente a crise de 2008.

Gary argumentou que as políticas atuais do banco central (FED) e da Casa do Tesouro dos Estados Unidos acabaram inflando o preço dos ativos financeiros em geral, e que o medo da inflação é exagerado.

Com isso, o atual “frenesi de compra” está aumentando a bolha, que logo vai estourar.

Medo da inflação é um exagero

Uma das recentes narrativas sobre a vantagem de usar Bitcoin é o fato de que a moeda digital é uma poderosa reserva de valor que, quanto mais o dólar desvaloriza, mais ele ganha valor.

Esse vem sendo um dos principais discursos nos últimos meses, mas para Shilling, essa ideia é uma ‘furada’. Na verdade, ele acredita não só em um controle da inflação, mas em um momento de deflação.

“A opinião geral é que a economia vai quebrar rapidamente, a inflação vai disparar mais uma vez e as taxas de juros também. Isso é um exagero. Estamos em um momento de baixa inflação, talvez até de deflação.”

Para ele, isso acontece porque a China e outros países produzem muito mais do que consomem, aumentando muito a oferta de diferentes tipos de ações no mercado, depreciando diversos ativos.

Aqui vale uma “localização” da opinião, afinal, enquanto a inflação sob controle pode parecer verdade em certos países, principalmente os da zona do Euro, no Brasil ela é sentida todos os dias.

Sendo assim, mesmo se a inflação for exagero para Shilling, o Bitcoin ainda deve manter suas características de reserva para países com moeda fiduciária despencando (como é o caso do real).

“Há muito dinheiro circulando e as pessoas não sabem o que fazer com isso”

Enquanto muitos acreditam que o FED é o responsável pela desvalorização do mercado tradicional e a valorização das criptomoedas, Shilling tem uma teoria diferente: “O FED é responsável pelo aumento do Bitcoin e até mesmo do Dogecoin, mas por estar dando uma impressão errada do futuro.”

Com o FED imprimindo dinheiro demais, as pessoas estão investindo em diferentes ações e no criptomercado, colocando dinheiro demais dentro desses setores, o que consequentemente não vai acabar bem.

“Há muito dinheiro circulando e as pessoas não sabem o que fazer com isso (..) O Fed é realmente responsável por coisas como o Dogecoin e o Bitcoin e outras criptomoedas e todas as outras especulações. Ele levou as ações a níveis incríveis em relação aos lucros.”

Por fim, ele concluiu que, apesar de não estar fazendo uma previsão exata, logo teremos “sangue nas ruas” com uma crise futura similar a algumas das maiores bolhas dos últimos séculos, citando o recente caso da Archegos e da sua implosão, gerando bilhões em perdas.

“As especulações ultrapassam qualquer lógica e é o que provavelmente vai acontecer. Mas em algum momento, vai haver muito sangue nas ruas. Tivemos recentemente o caso da Archegos, mas podemos ter algo assim em uma escala maior que traga um colapso. Voltaremos a bolhas como a das Tulipas em 1600 e a South Sea em 1700.”

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Jack Dorsey, CEO do Twitter e fã do Bitcoin

“Devemos investir agressivamente em Bitcoin”, diz CEO do Twitter para acionistas

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, afirmou nesta sexta-feira (23) que o Bitcoin é muito mais que dinheiro. Ele declarou ainda que vai investir...

Metrô de São Paulo ganha estátua de gorila cibernético que pede criptomoedas

Nos metrôs de São Paulo é possível encontrar diferentes pessoas e diferentes objetos, mas e se você desse de cara com um gorila cibernético...
Amazon

Amazon se prepara para entrar de vez no mercado de criptomoedas

Amazon, a gigante do e-commerce avaliada em 2 trilhões de dólares, está procurando “desenvolver uma estratégia de moeda digital e blockchain”. Ao abrir uma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias