Investidor causa prejuízo de R$ 50 bilhões em grandes bancos

Um fundo de hedge pouco conhecido causou um caos em Wall Street.

Siga no
Bill Hwang. Imagem: youtube
Bill Hwang. Imagem: youtube

Na semana passada, a gestora Archegos Capital esteve envolvida em operações que causaram prejuízos bilionários aos bancos. Foram especialmente atingidos o Credit Suisse e o banco japonês Nomura.

Estes bancos que prestavam serviços de corretagem para a Archegos tiveram que liquidar posições gigantescas em ações na qual a gestora havia comprado.

De forma resumida, os bancos emprestam dinheiro e títulos para fundos especulativos (hedge), e ganham dinheiro através de taxas e comissões.

Quem é Archegos Capital e Bill Hwang?

Archegos Capital é uma gestora que administra o patrimônio privado de Bill Hwang e familiares. Bill era um dos veteranos do Tiger Management, fundo de investimentos que ganhou fama por seus altos retornos.

Se envolveu em fraudes em 2012, quando admitiu usar informações privilegiadas para manipular ações de bancos chineses. Hwang concordou em devolver US $ 16 milhões, além de pagar uma multa de US$ 44 milhões para encerrar a disputa legal na SEC dos EUA.

Recentemente seu fundo administrava cerca de US$ 10 bilhões do patrimônio da família, e fazia grandes apostas em ações nos EUA, Europa e Ásia. A liquidação forçada de suas posições causou quedas de até 40% na semana passada em muitas empresas, incluindo ViacomCBS e Discovery.

Como é possível perder tanto dinheiro?

As perdas para o Credit Suisse e Nomura destacam o risco inerente dos bancos de investimento que oferecem alavancagem. Embora aumentem suas taxas e lucros, se o cliente não tiver garantias (margem) para cobrir as operações alavancadas, o risco é da instituição.

A gestora Archegos é uma “family office”, portanto isenta dos relatórios e requisitos da SEC, por este motivo não era obrigada a reportar tais posições em seu nome. Por esse motivo, é provável que os bancos não sabiam que o mesmo cliente havia alavancado em diferentes instituições.

Que bancos tiveram prejuízo?

O Credit Suisse estima perdas de até US $ 5 bilhões, enquanto o Nomura informou que as perdas podem somar US $ 2 bilhões. Ambos alertaram sobre grandes perdas após uma liquidação forçada de cerca de US $ 20 bilhões em ações da China e dos EUA.

Além destes bancos, realizaram grandes vendas de ações os bancos Morgan Stanley, Goldman Sachs e Deutsche Bank, derrubando as ações desses bancos em até 5%.

Quais ações foram impactadas?

Os lotes de negociações da Archegos no final da semana passada foram na ViacomCBS, Discovery, Baidu, GSX Techedu, Tencent, Shopify, e Vipshop.

Como a Archegos não depositou margens adicionais para cobrir as quedas em suas ações, os bancos tiveram que fazer vendas maciças para zerar a posição.

Além disso, as quatro gigantes da tecnologia chinesa, Alibaba, Baidu, JD.com e Netease, listadas tanto na China como nos EUA, perderam coletivamente US $ 60 bilhões em valor de mercado na semana passada.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Marcel Pechman
Marcel Pechman
Atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Desde Mai/2017 faz arbitragem e trading de criptos, além de ser co-fundador do site de análise de criptos RadarBTC. Palestrante do Bitcoin Summit Florianópolis 2019

Repressão global às criptomoedas pode estar chegando, alerta CEO da Kraken

Recentemente o Bitcoin e várias outras criptomoedas tiveram uma alta surpreendente, com muitas alcançando novas máximas históricas (como é o caso do Bitcoin e...

Dogecoin passa banco Itaú, Santander e Bradesco em valor de mercado

Dogecoin, a criptomoeda feita como uma piada, surpreendeu o mundo após disparar 150% em poucas horas e ser negociada por um valor recorde de...

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias