Quais são as carteiras de Bitcoin? Conheça aqui

Conheça mais sobre este assunto abaixo!

-

Siga no
Quais são as carteiras de Bitcoin? Conheça aqui
Carteiras de Bitcoin
Anúncio

Uma carteira tem dois significados, podendo referir-se à interface na qual o usuário acessa seu dinheiro, controla chaves e endereços, cria e assina transações bem como referir-se à estrutura de dados usada para gerenciar as chaves de um usuário. Vamos falar sobre o segundo caso, mostrando quais são as carteiras de Bitcoin que existem.

Carteiras não-determinísticas

Esta foi a primeira versão das carteiras, na qual o cliente (Bitcoin Core) gerava 100 chaves privadas durante sua primeira inicialização e gerava mais chaves conforme necessário. Devido ao gerenciamento de tantas chaves não ser prático, surgiram as carteiras determinísticas.

Carteiras determinísticas (Seeded)

As carteiras determinísticas contem chaves privadas que derivam da mesma semente (seed, em inglês). Para aumentar a privacidade das transações, não é recomendável utilizar o mesmo endereço mais de uma vez, desta forma o gerenciamento de chaves neste tipo de carteira é bem mais simples do que nas não-determinísticas.

Carteiras HD (Hierarchical Deterministic) – BIP-32/BIP-44

Anúncio

As carteiras HD (Determinística Hierárquica, em português) foram desenvolvidas para facilitar o gerenciamento de muitas chaves com uma única semente, a semente gera uma chave mestre que por sua vez gera subchaves e cada uma dessas subchaves gera mais subchaves. Dado este fator, são muito práticas para gerar diferentes endereços a diferentes usuários.

Mnenomic – BIP 39

Uma carteira mnemônica é uma carteira HD, todavia a sua semente são 12 palavras, ou seja, elas são bem mais práticas para backup já que é mais fácil copiar palavras do que um monte de números e letras aleatórios. As mnemônicas podem ser criadas em 8 idiomas diferentes e infelizmente o português não está incluso, cada idioma conta com 2048 palavras.

Brain wallets

A principal diferença entre uma brain wallet e uma mnemônicas é que o usuário é quem seleciona as 12 palavras com o intuito de armazená-las apenas em sua cabeça, a tradução para português poderia ser carteira cerebral. As desvantagens em relação as mnemônicas são grandes, primeiro o usuário pode esquecer facilmente das 12 palavras, segundo que a randomização não seria tão grande, já que o usuário escolheria/evitaria muitas palavras, etc.

Como podemos analisar, o gerenciamento das chaves privadas tanto para empresas quanto para pessoas tem evoluído para facilitar a adoção e a segurança dos bitcoins em custódia. Lembre-se que você só é dono das suas moedas caso possua a chave privada, anote suas sementes em um lugar seguro e não compartilhe com ninguém.

Artigo adaptado do livro Mastering Bitcoin escrito por Andreas Antonopoulos, para informações detalhadas consulte o capítulo 5: Wallets. Também é possível encontrar gratuitamente o livro digital traduzido para português. A partir dessas informações, provavelmente ficará mais fácil você entender sobre quais os tipos de carteira de Bitcoin e qual a melhor em sua opinião.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Avatar
sabotag3x
Top 100 poster @ bitcointalk, altcoin maximalist, interessado em mineração, trading, detalhes técnicos e econômicos. Do zero ao milhão em 6 meses com a Iconic Services. Nunca comprei 1 bitcoin, nem mesmo 1 satoshi, e não pretendo comprar.

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

É animador o fato de autoridades brasileiras discutirem criptomoedas, diz OCDE

Para a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), é animador o fato de as autoridades financeiras brasileiras discutirem a regulamentação das criptomoedas. Além disso,...

Meu Pé de Bitcoin é alvo de reclamações de clientes

A empresa Meu Pé de Bitcoin, com sede em Caruaru, no interior de Pernambuco tem sido acusada por clientes de não honrar com as...

“Criptomoedas não são poupança”, alegou empresa processada pela CVM

Em uma defesa contra a CVM, uma empresa brasileira afirmou que as "criptomoedas não são uma poupança". Tudo começou após a empresa captar investimentos...