Brain Wallet

Há várias formas de Wallets para criptomoedas, como as Web, para Computadores e para Dispositivos Móveis, Paper Wallets e Hardware Wallets (compre aqui com segurança sua Ledger), e apresento a vocês a Brain Wallet.

O que é uma Brain Wallet?

A Brain Wallet como já diz o próprio nome é ligada ao cérebro, e está ligado a guardar sua chave em sua cabeça.

Se é mais segura que outras wallets pode depender de cada caso, pois ao criar a mesma é necessário criar uma frase única que será passada em uma função hash SHA-256 (Bitcoin).

A frase deve ser única, pois se for muito comum, como uma frase conhecida no mundo todo, a sua segurança está em risco.

Deve ser uma sequência de caracteres que você se lembrará e forte o suficiente para que não roubem seus fundos. “May the force be with you” do Star Wars é uma frase que não deve ser utilizada, saiba disso como exemplo de criar frases únicas.

Como criar uma Brain Wallet?

O site BitAdress.org que dá opção de se criar paper wallet, vanity wallets e outras mais, também dá o suporte a criação de Brain Wallets.

Para isso acesse o site, e clique na opção Brain Wallet:

Com isso, a próxima etapa é criar uma sequência de caracteres muito bem pensada para criar uma Brain Wallet segura para utilizar.

No campo “Enter Passphrase” digite a sequência de caracteres que deseja, e logo após confirme a mesma. Se clicar no Botão “Show?” não será necessário confirmar.

Após isso, escolha se será uma Compressed Address ou não, que é uma forma de armazenamento da chave, não faz muita diferença a opção que escolher, para quem quiser entender sobre deixo um link aqui com a explicação.

Clique no Botão “View” para finalizar.

Legal, foi gerado então um endereço público e um privado, veja o nosso abaixo:

Ok, mas ainda há a dúvida sobre a questão da segurança do endereço pois, e se o mesmo já foi utilizado alguma vez em transações correto?

Para isso, copie o endereço público que foi gerado, e como a Blockchain é auditável iremos auditar o nosso endereço.

Para esse processo de checagem, utilizamos o site BitRef.com para que verifique o histórico de transações.

Após clicar no Botão “Check” conseguimos auditar o nosso novo endereço:

Veja que o endereço nunca foi utilizado em transações e não possui nenhuma quantidade de Bitcoins no mesmo. Logo, pelo menos por um tempo ele pode ser utilizado de forma segura, desde que a nossa frase esteja em segurança.

Dicas Finais

Obviamente, o nosso endereço está totalmente exposto aqui e não deve ser utilizado, mesmo a frase que não é segura mais, crie a sua própria frase seguindo os passos acima, confira se o endereço é seguro, e após isso utilize a mesma tranquilamente.

Se for uma frase comum de seu uso em redes sociais e entre amigos, de sua região geográfica, seu filme favorito, não tende a ser segura, lembre-se de ser algo que só você saiba.

Pelo próprio BitAddress há a opção de “Print”, ou seja, você pode imprimir a sua public key e private key, caso queira tendo uma “paper brain wallet”, que exige maior cuidado.

Se você esquecer a frase de um endereço, sinto muito seus fundos irão ficar intactos, portanto lembre-se dos detalhes, se utilizar acentos, pontuação e outros caracteres especiais.

Este vídeo foi inspirado na criação de uma Brain Wallet criada pelo Tiago Salem em seu canal do YouTube, se inscrevam lá e acompanhem o seu trabalho que é muito bom.