Qual o custo de um Airdrop?

Um airdrop é conhecido como "Free Money". Entretanto, o custo dele é a sua privacidade e progandas.

Siga no

Um airdrop é uma distribuição “gratuita” de alguma criptomoeda. Contudo, “não existe almoço grátis”. Airdrops são, na verdade, pagos com sua privacidade e com propagandas nas redes sociais. Airdrop é uma estratégia de marketing que tem como objetivo divulgar uma token, de forma barata e rápida para um público específico.

Como funciona um Airdrop?

Com o objetivo de divulgar a sua marca para um público específico, a baixo custo, muitas empresas têm usado esse método. Ao fazer um Airdrop, ou uma distribuição de tokens, a empresa fica conhecida entre potenciais investidores e clientes.

De forma geral um airdrop distribui tokens no valor de poucos centavos até cerca de 20 dólares.

Um airdrop acontece de duas formas principais. A primeira é uma distribuição para todos os holders de uma moeda. Por exemplo, em 2017 todos os endereços Ethereum receberam 27 Xenon (XNN) para cada 0,1 Eth (atualmente o valor de 27 XNN é de U$ 0.43).

Essa é uma forma interessante de divulgar um projeto, uma vez que todos os usuários que têm Ethereum irão ver uma nova token em sua carteira. Dessa forma, muitos irão pesquisar sobre a token no Google, ir ao site da empresa, etc.

A segunda forma é uma distribuição de tokens em troca de algumas tarefas. De forma geral, esses airdrops incluem a execução das seguintes tarefas:

  • Preenchimento de formulário KYC ou Know-your-Customer (Conheça seu cliente), com a entrega de documentos e cadastro como cliente.
  • Seguir e fazer retweets do Twitter oficial da empresa.
  • Participar no grupo do Telegram da empresa.
  • Fornecer seu endereço de e-mail.

E qual o custo? É Free Money?

Na primeira forma de airdrop todo o custo é assumido pela empresa, entretanto, a segunda é mais comum. Nela todo o custo é repassado para quem reinvindica o airdrop.

Em troca de uma promessa de poucos dólares ou centavos de dólares uma pessoa paga com sua privacidade (assim como a maior parte das coisas hoje em dia), seu tempo, dados pessoais e potencialmente até sua reputação (se os documentos forem usados de forma indevida).

Além disso, a exposição do seu e-mail a essas empresas pode incorrer em um risco adicional para sua segurança. Seu e-mail pode ser distribuído para terceiros, expondo seu correio a esquemas de phishing e outros golpes.

A partir de um airdrop as empresas cadastram milhares de usuários como seus clientes/investidores, adquirem dados pessoais de seu interesse e ainda recebem uma propaganda em redes sociais. É uma forma mais barata de divulgar sua marca, embora menos legítima, do que contratando uma agência de publicidade especializada.

Conclusão

Desde a entrega dos seus documentos pessoais até a execução de tarefas no Twitter, todo o processo de “reivindicação” de um airdrop é um jogo sujo que não deveria ser jogado. Os retweets são ilegítimos e a pessoa que está se cadastrando não é um cliente nem investidor de fato.

O tempo gasto com o preenchimento de fichas cadastrais, tarefas no Twitter e a exposição do seu e-mail e documentos não compensam esses poucos dólares prometidos. Essas tarefas em nada agregam e trazem somente riscos potenciais para o usuário. Seu tempo poderia ser melhor empregado estudando sobre criptomoedas, o que pode trazer mais dinheiro no curto e longo prazo.

Em resumo, o preço de um airdrop é a sua privacidade, a sua segurança e o seu tempo.

Leia mais sobre:
Marcello
Marcello
Escreve sobre a tecnologia, blockchain, investimentos e notícias sobre criptomoedas. Certificado (CBP) pelo CryptoCurrency Certification Consortium (C4).

CIO da Guggenheim diz que Bitcoin pode voltar aos $ 20 mil

O Bitcoin está em queda, caindo abaixo dos níveis de suporte na área dos US $ 33 mil, demonstrando que o bull run pode...

“Bitcoin nunca vai chegar a zero, e a Mt.Gox provou isso”, diz analista

Que acompanham a história do Bitcoin desde o começo conhece bem o caso da Mt.Gox, uma das primeiras e mais importantes corretoras e também...
Bitcoin e gráfico em queda de preços

Fake news faz preço do Bitcoin cair 10%

O preço do Bitcoin caiu mais de 10% hoje, a desvalorização fez com que o preço da criptomoeda atingisse seu valor mais baixo das...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

“Bitcoin nunca vai chegar a zero, e a Mt.Gox provou isso”, diz analista

Que acompanham a história do Bitcoin desde o começo conhece bem o caso da Mt.Gox, uma das primeiras e mais importantes corretoras e também...

Fake news faz preço do Bitcoin cair 10%

O preço do Bitcoin caiu mais de 10% hoje, a desvalorização fez com que o preço da criptomoeda atingisse seu valor mais baixo das...

Criador de Rick and Morty vende arte tokenizada em Ethereum por R$ 8.8 milhões

A estreia do cocriador da série Rick & Morty no mundo das artes tokenizadas (NFT) foi um sucesso. Segundo o site CryptoArt.io, Justin Roiland...

“Bitcoin não teve gasto duplo”, afirma especialista após polêmica

Uma das prováveis explicações para a queda do Bitcoin hoje é referente a uma suposta falha na rede. Andreas Antonopoulos mostrou que o Bitcoin...

Craig Wright processa sites e manda remover whitepaper do Bitcoin

Craig Wright, o controverso australiano que se diz criador do Bitcoin exigiu que os sites bitcoin.org, bitcoin.com e bitcoincore.org removam o famoso whitepaper do...