Quem usou o “coronavoucher” para investir em Bitcoin se deu bem

Uma comparação com o período em que os cheques foram distribuídos para os norte-americanos em relação a recente alta do Bitcoin. Com as movimentações surpreendentes da criptomoeda, os US$ 1.200 já renderam bons lucros.

-

Siga no
Bitcoin é um investimento?
Bitcoin
Anúncio

Recentemente o Bitcoin apresentou uma movimentação muito positiva e animadora na sua ação de preço. Após cair para a casa dos US$ 4.700 em março o Bitcoin se recuperou gradativamente e nos últimos dias vem acelerando a sua alta, atingindo nesta quinta-feira valores acima de US$ 9.500.

Curiosamente, no meio de toda essa movimentação, tivemos o “coronavoucher”, que foi usado por alguns para comprar Bitcoin.

Assim como no Brasil e em vários outros países, os EUA decidiram optar por um auxilio emergencial para ajudar aqueles que não receberão salários durante o isolamento social.

Anúncio

O cheque de US$ 1.200 foi usado para muitas coisas diferentes, com menos de 19% do valor indo para a compra de comida, mas ele também foi usado para comprar criptomoedas.

Como mostrado pelo Livecoins, não era difícil encontrar pessoas na internet dizendo ter usado o dinheiro para investir em Bitcoin.

As compras também foram apontadas pelo CEO da Coinbase, Brian Armstrong, que revelou que a empresa registrou um forte aumento nos depósitos de US$ 1.200 logo após a primeira leva de cheques ser enviada.

Quem comprou Bitcoin com “coronavoucher” está no lucro

O The Next Web fez uma comparação com o período em que os cheques foram distribuídos para os norte-americanos em relação a recente alta do Bitcoin. Com as movimentações surpreendentes da criptomoeda, os US$ 1.200 já renderam bons lucros.

Gráfico Bitcoin. Imagem: TradingView.com
Gráfico Bitcoin. Imagem: TradingView.com

Os cheques foram distribuídos no meio de abril, numa época em que o Bitcoin estava valendo US$ 6.600, mas estava aos poucos se recuperando. Com o Bitcoin na casa dos US$ 9.490, o “cheque” já rendeu mais de 40%.

Uma conta no Twitter chamada de “$1200 Stimulus Is Now Worth” (Quanto o cheque de US$ 1.200 vale agora, em tradução livre) foi criada para manter atualizações sobre o quanto o valor já rendeu se tivesse sido investido em Bitcoin.

Em sua última atualização o coronavoucher já valia US$ 1.670.

No entanto, com a recente alta dessa quinta-feira, o valor já passou dos US$ 1.700.

E se tivesse comprado com o auxílio emergencial?

Analisando o preço em dólares, é possível determinar que aqui no Brasil também tivemos lucros parecidos.

No entanto, é importante levar em consideração o quanto o real desvalorizou nesse período em relação ao dólar. Ainda assim, que investiu o auxílio emergencial no Bitcoin se deu bem.

O auxilio começou a ser utilizado aqui no Brasil a partir do dia 22 de abril. Na época, o Bitcoin estava sendo cotado na casa dos R$ 40 mil. Hoje, o ativo digital está testando a resistência de R$ 55 mil, um aumento de 37.5%.

Se os R$ 600 reais tivessem sido usados para comprar Bitcoin, hoje ele valeria R$ 825. Claro que esses são valores hipotéticos, considerando que os saques demoraram para serem realizados e o preço flutuou bastante durante esse tempo.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Leia mais

ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Últimas notícias

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Primeira exchange a listar a brasileira Hathor HTR

A tecnologia brasileira da blockchain Hathor vem chamando cada vez mais atenção da comunidade global e já entrou nos Estados Unidos e na Ásia,...