R3 está entrando no setor de DeFi enquanto Ripple foca em NFTs

Embora o foco desta ação da Ripple seja o setor de NFTs, e não de DeFi como a R3, este é um ótimo exemplo de que as empresas estão tentando acompanhar a inovação e casos de uso da blockchain, embora já tenham perdido seu início.

A R3, uma das maiores empresas focadas em soluções de blockchains privadas, chamadas de DLT (Distributed Ledger Technology), agora está entrando no setor de DeFi através da criação de uma rede e também de um token nativo.

Já a sua concorrente, a Ripple, também parece ter deixado os bancos de lado por um tempo. Hoje a empresa lançou um fundo bilionário para impulsionar sua entrada no setor de tokens.

As soluções de ambas estão focadas em resolver problemas de escalabilidade enquanto o Ethereum continua lento e caro, deixando espaço para outras blockchains crescerem.

R3 Obscuro

Após a criação das plataformas Corda e Conclave, focadas em privacidade, escalabilidade e segurança para empresas, a R3 está expandindo seus negócios com a criação de uma solução de segunda camada, chamada Obscuro, no Ethereum.

O propósito da Obscuro, anunciado na CordaCon deste ano, é entrar no mercado das finanças descentralizadas (DeFi), sendo um avanço em relação a seus projetos anteriores já que a Obscuro se trata de uma rede permissionless, ou seja, não depende de permissão para ser usada.

Hoje a R3 possui parcerias com grandes nomes de diferentes setores como tecnologia, financeiro e de sistemas. Dentre eles, Intel, Microsoft, Allianz, Nasdaq, Credit Suisse, Mastercard e Ericsson.

Além disso, a R3 também está envolvida com governos, inclusive o brasileiro, na criação de CBDCs (moedas digitais de bancos centrais), podendo ter grande importância no setor financeiro mundial caso suas soluções sejam adotadas pelos países.

Desta forma, a R3 parece estar querendo participar dos dois mundo para, quem sabe, uni-los no futuro. Segundo a empresa, a Obscuro ainda está em fase inicial e um whitepaper será lançado em alguns meses, o produto estará pronto só em 2022.

Ripple, a concorrente

Uma de suas maiores concorrentes no setor de soluções descentralizadas para bancos parece ter acompanhado a CordaCon e o anúncio da Obscuro. A Ripple lançou hoje um fundo de 250 milhões de dólares, cerca de 1,35 bilhão de reais, para estimular a criação de projetos na XRP Ledger.

“O futuro será tokenizado”

Embora o foco desta ação da Ripple seja o setor de NFTs, e não de DeFi como a R3, este é um ótimo exemplo de que as empresas estão tentando acompanhar a inovação e casos de uso da blockchain, embora já tenham perdido seu início.

Enquanto os governos não fecham acordos com estas empresas, podendo transformá-las em unicórnios, elas parecem estar buscando entregar soluções para colher frutos rápidos. Isso representa ainda mais concorrência para o Ethereum, que se arrasta para escalar a sua rede.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.
Moedas de Bitcoin pegando fogo.

Mineradora de Bitcoin pausa atividades após explosão e incêndio em rede elétrica

A Bit Digital, empresa de mineração de criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, informou aos seus investidores que precisou pausar suas operações devido aos danos...
Bill Gates, fundador da Microsoft.

Bill Gates revela motivo de não investir em Bitcoin

Ao participar de uma sessão de perguntas no Reddit, o famoso fundador da MicroSoft, Bill Gates, afirmou que não possui Bitcoin. Indo além, aproveitou...
Site e aplicativo da Comissão de Valores Mobiliários do Brasil, a CVM

CVM deve monitorar influencers de finanças após golpes com criptomoedas

Após os escândalos de golpes usando a imagem de criptomoedas no Brasil, a CVM pretende monitorar todos os influencers de finanças. Essa medida está...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias