R3 está entrando no setor de DeFi enquanto Ripple foca em NFTs

Embora o foco desta ação da Ripple seja o setor de NFTs, e não de DeFi como a R3, este é um ótimo exemplo de que as empresas estão tentando acompanhar a inovação e casos de uso da blockchain, embora já tenham perdido seu início.

Siga no

A R3, uma das maiores empresas focadas em soluções de blockchains privadas, chamadas de DLT (Distributed Ledger Technology), agora está entrando no setor de DeFi através da criação de uma rede e também de um token nativo.

Já a sua concorrente, a Ripple, também parece ter deixado os bancos de lado por um tempo. Hoje a empresa lançou um fundo bilionário para impulsionar sua entrada no setor de tokens.

As soluções de ambas estão focadas em resolver problemas de escalabilidade enquanto o Ethereum continua lento e caro, deixando espaço para outras blockchains crescerem.

R3 Obscuro

Após a criação das plataformas Corda e Conclave, focadas em privacidade, escalabilidade e segurança para empresas, a R3 está expandindo seus negócios com a criação de uma solução de segunda camada, chamada Obscuro, no Ethereum.

O propósito da Obscuro, anunciado na CordaCon deste ano, é entrar no mercado das finanças descentralizadas (DeFi), sendo um avanço em relação a seus projetos anteriores já que a Obscuro se trata de uma rede permissionless, ou seja, não depende de permissão para ser usada.

Hoje a R3 possui parcerias com grandes nomes de diferentes setores como tecnologia, financeiro e de sistemas. Dentre eles, Intel, Microsoft, Allianz, Nasdaq, Credit Suisse, Mastercard e Ericsson.

Além disso, a R3 também está envolvida com governos, inclusive o brasileiro, na criação de CBDCs (moedas digitais de bancos centrais), podendo ter grande importância no setor financeiro mundial caso suas soluções sejam adotadas pelos países.

Desta forma, a R3 parece estar querendo participar dos dois mundo para, quem sabe, uni-los no futuro. Segundo a empresa, a Obscuro ainda está em fase inicial e um whitepaper será lançado em alguns meses, o produto estará pronto só em 2022.

Ripple, a concorrente

Uma de suas maiores concorrentes no setor de soluções descentralizadas para bancos parece ter acompanhado a CordaCon e o anúncio da Obscuro. A Ripple lançou hoje um fundo de 250 milhões de dólares, cerca de 1,35 bilhão de reais, para estimular a criação de projetos na XRP Ledger.

“O futuro será tokenizado”

Embora o foco desta ação da Ripple seja o setor de NFTs, e não de DeFi como a R3, este é um ótimo exemplo de que as empresas estão tentando acompanhar a inovação e casos de uso da blockchain, embora já tenham perdido seu início.

Enquanto os governos não fecham acordos com estas empresas, podendo transformá-las em unicórnios, elas parecem estar buscando entregar soluções para colher frutos rápidos. Isso representa ainda mais concorrência para o Ethereum, que se arrasta para escalar a sua rede.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.
Jack Dorsey, CEO do Twitter e fã do Bitcoin

Empresa de CEO do Twitter quer minerar Bitcoin

A Square, empresa de Jack Dorsey listada na NYSE, quer minerar Bitcoin como estratégia de negócio. A informação foi compartilhada por Dorsey em seu Twitter,...
Pedro-Bial-Hashdex

Pedro Bial testemunha o poder transformador das criptomoedas em campanha da Hashdex

A Hashdex surgiu para democratizar os investimentos em criptomoedas, oferecendo produtos seguros e regulados para todos os investidores. Atuando como ponte entre o mercado...
Símbolo da Binance em meio aos prédios sede endereço

Binance lançará o maior programa já anunciado na criptosfera

Para expandir os recursos do ecossistema Binance Smart Chain e implementá-lo em todo o setor de tecnologia financeira no futuro, a corretora de criptomoedas...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias