Receita Federal americana encontra novas formas de rastrear Bitcoin

Receceita continua fechando cerco a investidores em criptomoedas

Siga no

As autoridades tributárias dos EUA, Reino Unido, Austrália, Canadá e Holanda, também conhecidas como Global Tax Enforcement, realizaram uma reunião, onde compartilharam novas ferramentas, dados e estratégias de fiscalização em uma tentativa de encontrar novas pistas e a mitigação da evasão fiscal, cibercrime e lavagem de dinheiro.

A unidade de crimes cibernéticos da receita federal americana tem novas ferramentas que ajudam saber quem está movendo dinheiro e para quem o dinheiro está sendo enviado. Isso, combinado com a experiência e os dados fornecidos por suas contrapartes, permitiu à divisão criminal da receita identificar potenciais sonegadores de impostos de criptomoedas.

Com os dados compartilhados, o departamento conseguiu encontrar novos leads a serem perseguidos. A divisão de crimes cibernéticos da receita americana está desenvolvendo uma nova ferramenta para rastrear pessoas que estão movimentando dinheiro. Seis meses atrás, a agencia disse à Bloomberg que a unidade não possuía as mesmas ferramentas que estão usando no momento.

À medida que a tecnologia avança, os criminosos também melhoram suas táticas em cometer e ocultar seus crimes, e a agência encontrou dificuldades para fazer cumprir as leis tributárias. Agora que as criptomoedas se tornaram mais populares e mais valiosas, a receita está comprometida em combater a sonegação de impostos relacionada à criptomoedas.

A fraude fiscal existe há anos; no entanto, os criminosos aumentaram significativamente o nível de sofisticação quando se trata de sonegação de impostos pelo uso de tecnologias.

Receita fecha cerco a investidores em bitcoin

No início deste ano, a Receita Federal enviou cartas a cerca de 10.000 pessoas alertando-as sobre as penalidades que poderiam estar sujeitas por sonegação de impostos sobre seus investimentos em bitcoin.

As diretrizes sobre como os investidores em criptomoedas são obrigados a relatar sua receita à agência foram divulgadas no mês passado. Essas diretrizes chegam no momento em que os auditores fiscais aumentaram seu foco em indivíduos com investimentos em criptomoedas.

Antes do fornecimento dessas novas diretrizes, os investidores relatavam seus rendimentos e pagavam impostos de suas transações com base em suposições.

As orientações divulgadas pela agência estão na forma de perguntas e respostas. De acordo com o documento, a receita exige que os investidores rastreiem suas transações para provar a quantia que compraram e, assim, determinem o que devem quando vendem.

O investidor também é obrigado a manter documentos de transferências de moedas entre duas carteiras para provar que a transação é isenta de impostos. Regras tributárias de longa data também se aplicam nas diretrizes, como ativos mantidos por menos de um ano, com taxa de ganhos de capital de curto prazo mais alta.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Cardano. Imagem: Abode Stock

Cardano dispara e bate recorde de preço enquanto Bitcoin cai

A criptomoeda Cardano (ADA) disparou neste sábado e bateu um novo recorde de preço, enquanto isso, o Bitcoin e a maioria das principais criptomoedas...
Elon Musk interpretando Wario. Imagem: Divulgação SNL.

Cocriador da Dogecoin chama Elon Musk de “vigarista egoísta”

Pouco tempo depois de Elon Musk afirmar que estava trabalhando com desenvolvedores da Dogecoin, o cocriador da criptomoeda meme, Jackson Palmer, apareceu no Twitter...
Criptomoeda Ethereum em destaque com outras criptomoedas ao seu redor rivais

Elon Musk vai comprar Ethereum?

“Eu acredito fortemente nas criptomoedas, mas elas não podem levar a um aumento massivo no uso de combustível fóssil, especialmente carvão”, disse Elon Musk,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias