Rede Blockchain Brasil é criada em acordo do TCU com BNDES

Rede para criar aplicações de interesse público.

Siga no
Cadeado, corrente e aparelhos de rede na Bandeira do Brasil
Cadeado, corrente e aparelhos de rede na Bandeira do Brasil

A Rede Blockchain Brasil foi mencionada em um novo acordo entre o BNDES e Tribunal de Contas da União (TCU), indicando que o projeto será implementado em breve.

Desde 2020, na estratégia de Governo Digital, a blockchain foi considerada uma tecnologia de interesse nacional e reconhecida pelo Estado brasileiro em um decreto.

Desse modo, inovar com blockchain em órgãos públicos se tornou situação corriqueira e cada vez mais buscada. Um dos interesses nessa tecnologia é justamente sua característica de imutabilidade, segurança e descentralização.

Contudo, em redes privadas a descentralização é deixada de lado para que apenas poucos nodes controlem os sistemas e aplicações que fazem uso dessa inovação. Vale lembrar que blockchain no governo não envolve criptomoedas ou Bitcoin, sendo sistemas similares a bancos de dados, ainda que distribuídos e chamados DLTs.

Rede Blockchain Brasil é divulgada com TCU e BNDES assinando Acordo de Cooperação

Na última segunda-feira (18), no Diário Oficial da União, foi publicado alguns detalhes públicos do Acordo de Cooperação n.º D-121.2.0014.22. Assinado entre o TCU e BNDES, esse estipula a criação e manutenção da nova blockchain brasileira.

“A cooperação entre os Partícipes, com vistas à criação e manutenção da Rede Blockchain Brasil – RBB”.

Esse acordo não envolve o repasse de recursos entre as instituições que a criaram. Assinado no dia 12 de abril, o acordo terá validade de 60 meses, ou seja, 5 anos.

Pelo BNDES, assinaram o acordo o presidente Gustavo Henrique Moreira Montezano e o diretor executivo Ricardo Wiering de Barros. Já pelo TCU, a Ministra Ana Arraes oficializou a criação que autoriza o BNDES cuidar de toda a parte da tecnologia, relação institucional e de governo.

O que é a RBB?

O BNDES é uma das primeiras instituições no Brasil a trabalhar com a tecnologia blockchain. Com a criação do BNDES Token, por exemplo, o banco já mostrou seu interesse no assunto e mostrava formas de explorar as vantagens das criptomoedas e sua inovação.

Há alguns meses então, a Rede Blockchain Brasil começou a ser criada e um repositório no GitHub deixa claro alguns detalhes sobre o ambicioso projeto, agora oficializado.

A Rede Blockchain Brasil (RBB) é uma rede de instituições, de abrangência nacional, composta de estrutura de governança e infraestrutura tecnológica, que tem o objetivo de facilitar a adoção da tecnologia de blockchain para a implementação de aplicações de interesse público. A criação da rede permitirá a otimização de recursos, redução de custos e remoção de barreiras de entrada para uso da tecnologia e a inovação no setor público.

Com esse acordo, o governo brasileiro oficializa a busca por soluções que utilizem da blockchain para melhorar a sua prestação de serviços ao público, podendo inclusive trabalhar na criação de sistemas eficientes e diminuam os custos e burocracias da máquina pública nacional.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias