Rentabilidade da Atlas Quantum foi menor que Bitcoin em 2019

-

Siga no
Anúncio

A Atlas Quantum, corretora de Bitcoin no Brasil, soltou o relatório da rentabilidade anual de 2019. O que muitos não esperavam é que, apesar do Quantum prometer bons ganhos, teriam rendimentos abaixo do mercado.

Certamente ao julgar um investimento como sendo de sucesso, um estudo de benchmarking e de riscos deve ser realizado. De fato, a Atlas Quantum veio a público emitir a sua rentabilidade apurada no último ano, que não foi fácil para os investidores.

Com atrasos nos saques desde agosto de 2019, a empresa ainda foi impedida pela CVM de ofertar investimentos com Bitcoin no Brasil. Além disso, os clientes têm tentado na justiça encontrar soluções para estes problemas, que tem se mostrado cada vez piores.

Anúncio

O último deles chega a público neste dia 6 de janeiro, quando a empresa afirma ter tido 55% de rendimento anual. O Bitcoin, em sua carteira, parado, quieto e seguro, rendeu 99% nos últimos 12 meses.

Rentabilidade anual da Atlas Quantum é muito ruim em relação ao Bitcoin

Através de sua página oficial, o perfil da Atlas Quantum postou a rentabilidade anual de 2019, no dia 6 de janeiro. A empresa informou que ultrapassou os 55% de valorização com suas operações de trade automatizadas.

Além disso, afirmou que isso é uma boa notícia para seus clientes, uma vez que puderam compartilhar da valorização. Por fim, a nota perguntou se “você já investe com a plataforma campeã de rentabilidade?“.

De fato, a nota da empresa é um pouco estranha, uma vez que está impossibilitada pela CVM de ofertar investimentos. Ao fazer uma pergunta como essa, poderia induzir a entrada de novos clientes, algo que até então não seria permitido no Brasil.

Em outro ponto, a rentabilidade da Atlas Quantum foi anunciada como sendo algo espetacular. O robô que a empresa possui, chamado de Quantum, teria dado este desempenho aos clientes.

Rentabilidade da Atlas Quantum é quase metade do Bitcoin em 2019
Rentabilidade da Atlas Quantum é quase metade do Bitcoin em 2019 – Imagem/Facebook

Saques suspensos e rentabilidade abaixo do mercado

Apesar da nota da Atlas mostrar um certo otimismo, o cenário está longe de ser feliz. Os clientes estão com saques paralisados na plataforma, que encontra problemas desde a metade de 2019.

Com o problema de saques sendo algo sério, o alegado desempenho positivo na rentabilidade não poderá ser compartilhado pelos clientes, que não conseguem reaver seus fundos da plataforma.

Além disso, a rentabilidade da Atlas Quantum foi abaixo do mercado de Bitcoin no mundo. Um investidor que comprou um bitcoin e guardou o mesmo em uma carteira segura, obteve mais que 100% de rendimento. Dessa forma, além de ter tido um rendimento garantido, um trader ainda pôde sacar suas moedas a qualquer momento, uma vez que possui acesso a sua própria carteira digital.

A custódia de Bitcoin por terceiros é um tema polêmico, e empresas que prometem rentabilidade arrasaram o Brasil em 2019. Mesmo com a compra da Anubis Trade, a Atlas Quantum não conseguiu honrar seus compromissos de saques.

O Bitcoin é uma moeda digital, sendo que não promete valorização garantida. Entretanto, com oferta e demanda a moeda tem se valorizado nos últimos anos de forma orgânica. Em resumo, considerando os riscos e o desempenho do Bitcoin e da Atlas Quantum, poderia ficar claro para investidores que não compensa se arriscar com soluções terceiras de rendimentos.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Uniswap dispara 270% com distribuição de 400 tokens por usuários

O valor total bloqueado (TVL – de Total Value Locked a inglês) na corretora descentralizada Uniswap disparou mais de 270%, de R$ 2.7 bilhões...

Nova NVIDIA RTX 3080 pode trazer a mineração caseira de criptomoedas de volta?

Recentemente a NVIDIA, maior fabricante de Placas de Vídeo do mercado, anunciou a nova série de GPUs de alto desempenho, a família RTX 3000...
Ministério da Justiça - Palácio

Ministério da Justiça promove a blockchain no setor público

Na próxima segunda-feira (21), o Brasil acompanha um webinário importante sobre tecnologia. Promovido pelo Ministério da Justiça, a tecnologia blockchain aplicada ao setor público...

Últimas notícias

Nova NVIDIA RTX 3080 pode trazer a mineração caseira de criptomoedas de volta?

Recentemente a NVIDIA, maior fabricante de Placas de Vídeo do mercado, anunciou a nova série de GPUs de alto desempenho, a família RTX 3000...

Ministério da Justiça promove a blockchain no setor público

Na próxima segunda-feira (21), o Brasil acompanha um webinário importante sobre tecnologia. Promovido pelo Ministério da Justiça, a tecnologia blockchain aplicada ao setor público...

MPF destaca evento sobre Bitcoin feito pela Interpol

Autoridades de todo o mundo buscam entender mais sobre as criptomoedas e o Bitcoin. Em um evento na próxima semana, feito com apoio da...