Reunião do BRICS discutirá planos de moeda única do bloco

Com pautas na economia sendo o destaque da reunião do BRICS em 2023, mundo acompanha o possível nascimento da "BRICScoin".

Com início na próxima terça-feira (22), e ocorrendo até a quinta-feira (24), a 15ª Reunião do BRICS deve avaliar e discutir planos para a criação de uma moeda única do bloco.

E os países membros, Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul devem aprovar a chegada de outros países ao bloco, que tem rivalizado com as potências do G7.

De fato, a intenção de “desdolarizar” as transações entre países membros começou a ganhar mais corpo nos últimos meses. O presidente do Brasil, Lula, é um dos que defende que o bloco tenha mais autonomia e até mais relevância que o FMI.

Nesta segunda-feira (21), Lula anunciou sua chegada antecipada na África do Sul, que sedia o evento em 2023.

Além da presença de Lula, devem comparecer o presidente da China, Xi Jinping e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi. O responsável pela recepção dos líderes será o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa.

Por conta de um mandado de prisão da Suprema Corte Internacional em aberto, o presidente da Rússia, Vladimir Putin não poderá comparecer presencialmente, e participará de forma remota.

BRICS deve subir o tom contra Dólar e discutir sobre nova moeda única do bloco

Membros do BRICS já deixaram mais do que claro o interesse de negociar entre eles de forma mais rápida e direta, sem o uso de intermediários. E um dos maiores intermediários do comércio internacional hoje é o câmbio com o Dólar, moeda base das transações comerciais.

No entanto, a globalização e a criação de novos blocos econômicos mostra que o Dólar pode perder relevância, principalmente caso o BRICS crie sua moeda única.

A partir da próxima terça-feira (22), os representantes começam a XV Reunião do BRICS, que deve marcar avanços no setor econômico dos países. Além disso, a entrada de novos participantes no bloco é uma forma de salvar sua ideia, visto que a invasão na Ucrânia pela Rússia e a aproximação da Índia com os EUA enfraqueceu este nos últimos anos.

Vale lembrar que o BRICS compreende cinco grandes países que representam cerca de 41% da população global, 31,5% do PIB global. Ou seja, os próximos dias prometem causar turbulências na economia global.

O site oficial do BRICS 2023 exibe um depoimento do presidente sul-africano, no qual ele elogia a intenção do bloco de criar países mais igualitários e fortes.

Membros do BRICS avaliam a tecnologia blockchain

No último mês de julho de 2023, representantes dos países membros do BRICS aproveitaram um encontro para discutir sobre a tecnologia blockchain. Na ocasião, eles avaliaram o uso da tecnologia como proteção de propriedade intelectual.

Mas no caso da nova moeda única do BRICS, ainda não está claro se o projeto fará uso de uma blockchain, similar às criptomoedas. Mesmo assim, um eventual projeto de “BRICScoin” deve evoluir nos próximos dias, com a nova reunião entre os líderes.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias