Ripio (RCN) – progredindo em direção à adoção em massa na América Latina,

Siga no

A América do Sul não costuma captar a atenção do mundo quando se trata de tecnologia. Mas a Ripio (RCN) como uma empresa está conseguindo fazer justamente isso. Atualmente, ela anda apresentando ao mundo o potencial Fin-tech da América Latina em relação à tecnologia e blockchain.

Como? Desenvolvendo aplicações eficazes da tecnologia blockchain, uma variedade de serviços que foram desenvolvidos sob demanda ao longo de 5 anos. Recentemente, a Ripio foi escolhida pela FINTECH100 como uma das 16 startups mais inovadoras de 2018. Entre grandes nomes como Coinbase, Circle e Bankera. Vamos entender o por quê?

O básico:

A Ripio (RCN), anteriormente conhecida como Bitpagos, é uma empresa que fornece soluções de pagamento eletrônico para empresas na América Latina. A empresa oferece uma gama de serviços financeiros para países emergentes, como carteira criptografada (crypto wallets), gateway de pagamento e empréstimos garantidos P2P. Todos os serviços oferecidos usam tecnologia blockchain. O principal objetivo da Ripio é tornar o sistema financeiro mais acessível às pessoas. Para isso, eles criaram serviços que são muito intuitivos, possibilitando a compra e venda de bitcoins de maneira muito segura. Ao proporcionar esses serviços, a Ripio cativou um enorme mercado e, desde novembro de 2018, tem mais de 220000 usuários da Argentina, Brasil, Chile e México.

O ambiente:

A demanda e a popularidade das cripto moedas na América Latina estão crescendo. Grande parte da população não tem acesso a serviços bancários, mas eles estão conectados à internet usando telefones celulares. Muitos deles estão procurando maneiras de fazer compras on-line.

Nova integração:

Recentemente, durante o Bitconf Fortaleza, o representante da Ripio, o brasileiro Lucas Ferreira, anunciou outra grande conquista. A Ripio se integrou ao Mercado Pago; uma marca do PayPal para a América Latina. Agora todos os clientes do Mercado pago têm acesso à moeda RCN e são capazes de trocar a Ripio por reais e outras moedas latino-americanas e vice-versa dentro da plataforma automatizada Mercado Pago. Esta parceria contribuirá para a popularização do Ripio (RCN) e do Bitcoin (BTC) como meio de troca no Brasil, na América Latina e possivelmente em outras partes do mundo. Além disso, o Mercado Pago na América Latina atende a um grande número de clientes completamente sem acesso à Internet, oferecendo aos clientes sem banco acesso direto para comprar RCN e Bitcoin on-line.

Essa integração é certamente uma maneira fácil e segura de se obter cripto moedas em países emergentes. Abrir uma conta do Mercado Pago é muito menos dispendioso e consome menos tempo do que abrir e manter uma conta bancária e essa é certamente a razão pela qual estamos vendo um grande aumento no uso. Conveniência é um fator enorme, mas nesses países em desenvolvimento os custos também são um grande fator. Primeiramente, porque as taxas bancárias são muitas vezes inacessíveis para muitos.

Nota final:

Ao longo do tempo, o curso de 5 anos da Ripio certamente implementou serviços que atendem a demanda. A equipe por trás da empresa atraiu vários investidores de capital de risco e proporcionou muitas conquistas sólidas. Colocando o Ripio (RCN) entre as 100 melhores startups da Finch-Tech. Há muito espaço para crescimento e interessados ​​em ver os resultados dessa parceria em um ano ou mais.

Para mais detalhes assista a entrevista de Lucas abaixo:

Por: Michelle Mafra

Mamãecrypto.blogspot.com

Avatar
Michelle Mafrahttp://mamaecrypto.blogspot.com
Mãe na ativa, empreendedora e cripto entusiasta. Meu foco é ser uma ponte de informação segura sobre cripto moedas, trazendo muitas novidades diretamente da California. Autora o livro e Ebook: O Guia da Litecoin (LTC) Voluntária da Equipe West Coast USA da Litecoin Foundation

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...
Bitcoin em fevereiro de 2021

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...