Ripple diz ser mais descentralizada que Bitcoin

Siga no

A terceira criptomoeda em valor de mercado, Ripple, através de relatório produzido por membro de sua equipe, acredita que é mais descentralizada do que o Bitcoin.

O diretor de tecnologia David Schwartz, publicou um relatório no último dia 22 de agosto afirmando que “se o Bitcoin e Ethereum são descentralizados, então o XRP é também tanto quanto ou até mais”.

Um dos pontos levantados no relatório é que o Proof-of-Work é um mecanismo de consenso que foi muito bem implementado, mas que com o tempo na visão de David, o mesmo manifestou limitações claras.

De acordo com ele, projetos que utilizam a Prova de Trabalho como medida de segurança na rede estão sujeitos ao controle centralizado.

Com isso, a diferença de consenso da Ripple, a qual ele disse ser um mecanismo muito mais democrático, a maioria dos validadores devem registrar e verificar as transações sem obter nenhuma vantagem, e David ainda reforça que “essa é uma das principais razões pelas quais comecei a trabalhar no XRP Ledger há mais de seis anos”.

Transações nas criptmoedas

Outro ponto levantado no seu estudo é em relação ao custo das transações, que o mesmo acredita que as redes Bitcoin e Ethereum favorecem altos preços nas mesmas para favorecer a recompensa do minerador.

Este seria um dos problemas para a adoção no mercado mundial das tecnologias como meio de pagamento, de acordo com Schwartz.

David explica que isso foi difícil de se perceber no início do Bitcoin devido a recompensa do bloco ser atraente, mas com a diminuição da recompensa acontecendo (halving), a rede passa a depender da vontade dos mineradores continuarem seu trabalho, com o risco da rede ficar exposta a falhas neste processo.

A criptomoedas XRP não possui mineração em seu processo, e o diretor de tecnologia da empresa acredita que isto traz economias de energia e tempo.

Concentração de controle

Nessa seção, David coloca uma teoria da conspiração como início do debate, dizendo que os mineradores podem conspirar para que o sistema deixe de funcionar, mas já sabemos bem os custos de um ataque 51% em várias redes.

Outro argumento levantado é que para acontecer um problema na rede XRP, é necessário o poder de 80% dos validadores durante um período de duas semanas, o que se torna inviável o controle da rede por atacantes mal intencionados.

Fonte: https://ripple.com/insights/the-inherently-decentralized-nature-of-xrp-ledger/

Após toda a sua explicação, David finaliza dizendo: “Em conclusão, o XRP Ledger é, em muitos aspectos, um ledger mais transacional, funcional e descentralizado do que o Bitcoin ou o Ethereum, que só aumentará com o tempo”.

E na sua opinião, a XRP é mais descentralizado do que Bitcoin e Ethereum?

Veja também: Lista de criptomoedas centralizadas.

Saiba o preço da Ripple (XRP) em tempo real aqui.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias