Roberto Justus vende imóvel em Miami por criptomoedas

Justus não quis aceitar Ethereum.

Siga no
Roberto Justus reprodução O Aprendiz
Roberto Justus/Reprodução: O Aprendiz

O empresário e investidor brasileiro Roberto Justus está envolvido com o mercado de criptomoedas e já até vendeu um imóvel em Miami em troca de moedas digitais.

No Brasil, ele é muito conhecido por apresentar algumas edições do programa “O Aprendiz”, “A Fazenda”, “Power Couple” e por ter lançado um disco como cantor.

Participando de um podcast, ele disse que entre Warren Buffett ou Elon Musk, ele era mais conservador nos investimentos, evitando negócios com muita tecnologia envolvida. Mas essa característica mudou com o tempo.

Com sucesso em seus empreendimentos, ele acabou se tornando até consultor de uma criptomoeda brasileira ligada ao setor marketing digital e hoje está mais aberto a essa inovação.

Roberto Justus vende imóvel em Miami por criptomoedas

Nos últimos dias, Roberto Justus participou do podcast Mesa Quadrada, onde compartilhou sua experiência nos negócios e investimentos. A conversa foi com Caio Mesquita, Teco Medina e o ator Dan Stulback.

No debate, ele afirma que nunca se considerou um artista, mas sim um empresário que foi para a televisão. Com sucesso nos empreendimentos, ele narrou até uma experiência ligada ao mercado de criptomoedas.

Cético com os bancos, afirmando que nunca foi enganado por investimentos e sempre preferiu investimentos fora do Brasil, em moeda forte.

Neste sentido, ele foi questionado se achava mais perigoso apresentar “a Fazenda” ou “comprar Bitcoin”.

“Sem dúvida comprar Bitcoin viu”, disse Justus rindo.

Ele lembrou que Buffett sempre preferiu a “Dow Jones à Nasdaq”, com perfil conservador, algo que Justus também preferia. Mas até o Buffet mudou em sua categoria de investimentos, lembrou Justus, que até comprou parte do Nubank recentemente.

Assim como seu ídolo dos investimentos, Roberto Justus afirma que mudou em relação ao Bitcoin, sendo que ele até vendeu um imóvel por criptomoedas recentemente.

Quando ele recebeu a proposta de venda por seu imóvel, o comprador queria entregar o valor integralmente em Ethereum, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado. Roberto Justus ficou com medo de aceitar a proposta, visto que há uma volatilidade neste mercado e poderia perder dinheiro de seu patrimônio.

Então, ele buscou conhecer mais e chegou a USDC, uma stablecoin lastreada em Dólar. Afirmando que sentiu mais segurança nessa operação, ele abriu uma conta na corretora Kraken, uma das maiores dos Estados Unidos, recebeu USDC, transformou em Dólar e mandou o valor para sua conta.

“Cara mais e o nervoso, para passar a operação em blockchain o comprador chegou, sentou do meu lado, apertou um botão no computador e já apareceu [a criptomoeda] na minha conta. E para transformar para Dólar? Cinco horas para o banco mandar a wire em dólar”.

A diferença da rapidez, na visão de Roberto Justus, será algo que vai transformar o sistema financeiro mundial. Mesmo assim, ele confessa que este mercado é muito pequeno e que muitas criptomoedas são golpes.

Roberto Justus investe em Bitcoin?

Em relação a ser um investidor de Bitcoin, Roberto Justus afirmou que comprou um fundo da moeda, que tem se saído bem no mercado. A compra, segundo o empresário, é pequena em relação ao seu patrimônio, “só para dizer que não tem”.

Mas investir diretamente na criptomoeda ele afirma que não fez tal movimento, pelo menos não ainda.

Apesar de não investir em Bitcoin, ele afirmou que tem criptomoedas da empresa em que ele é consultor, da qual acredita que pode ter um grande movimento no mercado, apesar de não recomendar a compra para ninguém devido à volatilidade de mercado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Criptomoeda Dogecoin

Elon Musk curte que cinema planeja aceitar Dogecoin

Elon Musk curtiu uma publicação de que a maior rede de cinemas do mundo planeja aceitar Dogecoin como meio de pagamento, a rede AMC...

Presidente da SEC diz que criptomoedas só valem algo porque alguém vai querer comprar...

O Presidente da SEC, Gary Gensler, novamente voltou a falar sobre o criptomercado e sobre as moedas digitais. Desta vez Gensler demonstrou estar bem menos...
Binance sob pressão Brasil

Binance anuncia fim de negociações de derivativos na Austrália

A Binance é a maior corretora de criptomoedas do mercado global e com certeza um importante pilar para todo o setor. No entanto, com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias