Walmart nega parceria com criptomoeda Litecoin

Preço da LTC disparou no mercado.

Siga no
Loja da Walmart litecoin
Loja da Walmart

O Walmart poderia passar a aceitar a criptomoeda Litecoin (LTC) como pagamento, de acordo com um comunicado de imprensa publicado nesta segunda-feira (13). Esse movimento marcaria, caso confirmado, mais um importante passo na adoção das criptomoedas por grandes empresas, mas o comunicado é falso e a empresa negou.

O novo meio de pagamento com criptomoedas seria disponibilizado para milhões de clientes em todo o mundo, segundo um anúncio falso que foi publicado em vários sites.

O comunicado foi publicado após o Walmart se preparar para entrar no mercado de criptomoedas, quando em agosto de 2021, publicou uma vaga de emprego em sua página.

No falso comunicado, o CEO do Walmart, Doug McMillon, supostamente diz que tem uma grande empolgação com o uso das criptomoedas, que agora chegaram na empresa. Segundo o texto, a Litecoin seria integrada em uma opção de pagamento nas lojas.

“O ímpeto e a empolgação em torno do uso da criptomoeda são inegáveis, e estamos preparados para tornar as compras online mais fáceis para nossos clientes. Como uma loja líder de comércio eletrônico, estamos comprometidos em trazer inovações para a experiência de compra online. Integrando o Litecoin, iremos permitir que os compradores tenham uma experiência de pagamento muito tranquila com confirmação de transação quase instantânea e taxas quase nulas, independentemente de onde estejam.

Estamos muito animados em trabalhar junto com a Fundação Litecoin e inovar ainda mais em nossos negócios. 1.º de outubro, todas as lojas de comércio eletrônico terão implementado uma opção ‘Pague com Litecoin'”.

Litecoin apagou publicação em perfil oficial que mencionava o Walmart

Após a animação da comunidade com o anúncio, a conta verificada no Twitter da Litecoin acabou apagando a mensagem que mencionava a nova aceitação da moeda pelo Walmart.

Essa novidade acabou levando muitas pessoas a se darem conta que o anúncio não era real e levou o preço da Litecoin, que disparou no mercado, a recuar com força.

Mesmo assim, no momento da escrita deste artigo a Litecoin valorizou mais de 3% nas últimas 24 horas, cotada acima de US$ 180,00 cada. No Brasil, cada Litecoin segue cotada em cerca de R$ 960,00 por moeda.

Um porta-voz do Walmart confirmou à CNBC que o comunicado é falso. O anúncio fazia referência a um site que não funcionava no e-mail de um dos contatos listados, levantando suspeitas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
PayPal e Bitcoin

PayPal anuncia novo aplicativo para criptomoedas

O PayPal continua apostando nas criptomoedas, após ingressar no criptomercado há cerca de um ano, a empresa revelou seu novo app que traz recursos...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Investidor veterano alerta: “Ethereum está entrando em momento de queda prolongada”

Peter Brandt é um veterano do mercado de investimentos e um nome bem respeitado entre quem acompanha criptomoedas. Peter não é um estranho para o...

“Corretoras de criptomoedas estão em risco”, diz Bloomberg

As corretoras de criptomoedas dos EUA podem estar prestes a enfrentar um grande risco de existência conforme as questões sobre a regulamentação do setor...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias