“Saia das plataformas de criptomoedas agora”, diz ex-SEC

John Reed Stark iniciou um longo texto com a frase “saia das plataformas de criptomoedas agora”, após tensão envolvendo a SEC com corretoras populares.

Afirmando que não pode dizer isso de forma mais cara, John Reed Stark iniciou um longo texto com a frase “saia das plataformas de criptomoedas agora”, ou seja, uma recomendação de saque.

Notando que trabalhou na SEC por quase 20 anos, Stark apontou que o cerco regulatório às corretoras de criptomoedas “está apenas começando”.

Também nesta semana, um ex-executivo Coinbase lembrou que “o homem que criou a SEC foi o mesmo que confiscou o ouro” de cidadãos americanos na década de 30. Portanto, existe uma preocupação geral de que reguladores cheguem a este ponto.

Ex-SEC explica sua recomendação sobre corretoras de criptomoedas

Segundo John Stark, ex-SEC, a principal diferença entre empresas registradas e não-registradas na SEC é que, na primeira, a Comissão possui visão total sobre todos os aspectos das operações.

Ou seja, a SEC “tem pouca capacidade de detectar, investigar e impedir condutas fraudulentas” no mercado de criptomoedas, continuou Stark.

“Não há apenas uma lacuna na proteção do cliente, mas um abismo.”

Portanto, reguladores podem estar buscando um meio para cobrir essas brechas regulatórias, podendo assumir um controle maior em breve. No entanto, embora pudessem atualizar suas leis, cobrindo essas novas tecnologias, o governo está preferindo apenas tratar diversos projetos como valores mobiliários.

Na sequência, Stark listou diversos pontos que podem ser explorados por plataformas de criptomoedas. O maior exemplo é a citação abaixo:

“Não há razão para cumprir os estatutos e regras dos EUA que proíbem manipulação, informações privilegiadas, negociação antes dos clientes e outro comportamento fraudulento por parte de clientes ou funcionários.”

No entanto, vale notar que os EUA já prenderam um ex-diretor de produtos da Coinbase por insider trading. Ou seja, embora a fiscalização da SEC seja bastante limitada, casos de fraude com criptomoedas não só podem como são julgados.

Mercado de criptomoedas pode acabar na mão de empresas tradicionais

Com a pressão regulatória sobre as atuais corretoras de criptomoedas, é possível que gigantes do mercado tradicional aproveitem o momento para aumentarem suas presenças no setor.

Como exemplo, Dawn Fitzpatrick, CEO da Soros Fund Management, afirmou nesta semana que “as criptomoedas estão aqui para ficar”. Diversos outros participantes da Bloomberg Invest Summit 2023 também falaram sobre criptomoedas.

“O que aconteceu é claramente um revés. Mas agora realmente acredito que é uma grande oportunidade para as empresas financeiras assumirem a liderança.”

Por um lado, tais empresas já estão mais preparadas para lidar com requisitos regulatórios, bem como podem levar as criptomoedas para novos clientes institucionais. Por outro, é difícil acreditar que investidores pequenos teriam a mesma facilidade de investir.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias