Saiba quais as foram criptomoedas mais e menos voláteis de 2019

-

Anúncio

Quando 2017 chegou ao fim, uma série de criptomoedas havia dado um retorno astronômico para os traders, com alta volatilidade. Ao fim de 2019, algumas criptomoedas foram mais voláteis que outras. Os ganhos, porém, não tiveram tanta relação com a volatilidade.

De fato, dentre às três moedas menos voláteis do último ano está o Bitcoin. Mesmo registrando um ganho de cerca de 90% em 2019, a moeda digital oscilou menos que 0.6. Isso mostra que os investidores do Bitcoin tiveram bons ganhos, com pouca volatilidade.

O cálculo de volatilidade considera o desvio padrão anualizado dos retornos diários. O cálculo da volatilidade é bastante considerado para entender melhor os riscos de um ativo financeiro. Ou seja, quanto maior a volatilidade, maior o risco.

Quais às três criptomoedas mais voláteis de 2019?

A maior volatilidade registrada, segundo um estudo da Longhash, foi da criptomoeda Centrality (CENNZ). Este é um token Ethereum que atualmente ocupa a posição 46 do market cap. A criptomoeda oscilou mais que 1.8 no ano todo, valor considerado alto, mas que teve um retorno positivo de 251% aos seus investidores.

Na segunda posição ficou o token Ignis (IGNIS), que funciona na plataforma Ardor. O estudo da Longhash destacou que ambos os tokens das duas primeiras posições foram criados nos últimos dois anos. Isso pode significar que certamente os traders ainda buscam uma descoberta de preços para essas moedas. No caso da Ignis, mesmo com a alta volatilidade (acima de 1.4), a moeda valorizou apenas 11% nos últimos 12 meses.

Na terceira posição, acima de 1.4 de volatilidade esteve ainda a moeda Enjin Coin (ENJ). Essa que fechou parceria com a Microsoft e Samsung no último ano, valorizou mais que 90% em 2019.

Dentre o destaque de volatilidade está a Chainlink (LINK), que foi considerada a criptomoeda que mais se valorizou em 2019. Ainda que a moeda tenha oscilado entre 1.0 e 1.2 no ano, o retorno foi acima de 480%. Ou seja, neste caso, o risco versus retorno foi muito bom.

E as moedas menos voláteis? Não foram as stablecoins!

Obviamente o estudo desconsiderou as stablecoins, visto que são lastreadas em um ativo e possuem pouca volatilidade. Mesmo assim, a campeã foi ninguém menos que a Ripple (XRP), que é a terceira maior moeda do criptomercado. A XRP oscilou menos que 0.6 em 2019 e deu um prejuízo superior a 47% no ano.

Assim como a Ripple e o Bitcoin, a Gnosis (GNO) foi outra criptomoeda que oscilou abaixo de 0.6 no ano. Com a baixa volatilidade, a Gnosis teve uma leve desvalorização no período, abaixo de 1%. O Bitcoin foi a única moeda que deu bons ganhos dentre às três que menos registraram volatilidade de preços.

criptomoedas mais e menos voláteis de 2019
Criptomoedas mais e menos voláteis de 2019 – Reprodução/LongHash

Criptomoedas como a Ethereum (ETH), Monero (XMR), Dash (DASH) e Zcash (ZEC), estão no lado que menos oscilou de preços no ano (pouco mais que 0.6). Entretanto, as veteranas do criptomercado, que deram bons resultados em 2017, somaram perdas em 2019, sendo -6%, -5%, -49% e -53% respectivamente.

Em resumo, as criptomoedas mais voláteis de 2019 mostraram um bom desempenho de valorização, pelo menos as principais no quesito. Mesmo assim, a relação entre volatilidade e risco não ficou clara com a presença do Bitcoin que se valorizou bastante dentre as menos voláteis.

---------------------------------------------- BitcoinTrade: 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos! Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! www.bitcointrade.com.br
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Saiba tudo sobre:
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertolucci
Entusiasta de Bitcoin, formado em Análise de Dados e BI.
Anúncios

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Campeonato de Trade na Binance

Campeonato de trade na Binance dará até U$ 1 milhão

A corretora Binance resolveu agitar o criptomercado, lançando um campeonato de trade avançado para seus usuários. Os prêmios poderão chegar até U$ 1 milhão...
Gráfico do Bitcoin Imagem Cortesia do PikRepo

O Bitcoin não é a bolha da economia, aponta analista

O momento é crítico no mundo todo, com uma crise global da saúde e financeira agindo em conjunto. Para um analista, o Bitcoin agora...

pandemia do coronavírus provoca nova queda do Bitcoin

A última semana foi especialmente difícil para a economia global. Ao mesmo tempo em que os casos de coronavírus cresceram exponencialmente em todo o...

Mineradores estão vendendo bitcoins mais rápido do que conseguem gera-los

Desde que o surto de coronavírus tomou proporções globais, a economia em todo o mundo tem sentido os impactos da pandemia. Mas foi a...
Criptomoeda Decred

Criptomoeda vai investir mais de meio milhão no Brasil

A criptomoeda Decred (DCR) poderá investir mais que meio milhão de reais no Brasil, após uma proposta ser aprovada pela comunidade. Essa medida dará...