São Paulo começa aceitar criptomoeda por ingressos, Vasco lança NFTs

Novidades no esporte podem ser importantes para o mercado de criptomoedas brasileiro.

Dois clubes brasileiros de futebol iniciaram 2022 com planos ousados de aumentar sua exposição ao mercado de criptomoedas, inclusive inovando no setor de ingressos.

O mercado de futebol não pode mais ignorar a presença das criptomoedas, que viu uma grande movimentação com muitos lançamentos de fan tokens por clubes em 2021. A tendência é que esse movimento continue, visto que é uma importante forma de captar dinheiro no mercado.

Na Série A, o São Paulo FC é um dos que anunciaram novidades nesta sexta-feira (7). Já na Série B, outro grande e importante clube, o Vasco da Gama, anunciou mais um produto no setor.

Qual é a proposta de ingressos com criptomoedas dos dois clubes brasileiros?

Esta sexta foi agitada para o mercado de criptomoedas e futebol brasileiro, com dois grandes clubes chegando no setor. O Vasco da Gama, por exemplo, anunciou uma parceria com uma empresa de colecionáveis digitais, os chamados NFTs.

Ainda em período de pré-cadastro, a novidade do Vasco quer permitir que torcedores comprem colecionáveis que já serão utilizados como ingressos para partidas do clube pelo Carioca 2022. Além disso, outras promoções serão anunciadas em breve por essa parceria, que foi comemorada pelo CEO do Vasco, Luiz Mello.

“O mercado brasileiro está avançando muito rapidamente com iniciativas de tecnologia. Acreditamos que a Block4 pode ajudar a indústria do esporte e do entretenimento a oferecer experiências ainda mais engajadoras, aproximando ainda mais os torcedores do clube. É o que buscamos no Vasco da Gama”.

Outro que correu para se posicionar no mercado foi o São Paulo FC, que fechou uma parceria com uma corretora de Bitcoin da América Latina. Com essa parceria, o clube espera aceitar criptomoedas pela compra de ingressos, além de garantir espaço na arquibancada para até 18 mil clientes da plataforma.

O diretor executivo de marketing do São Paulo, Eduardo Otoni, comemorou o reforço no patrocínio do time.

“Estamos felizes de estampar o logo da Bitso, empresa líder de criptomoedas na América Latina, na camisa do nosso tricolor e trabalhar em conjunto para fornecer aos milhões de são-paulinos novas e inovadoras experiências dentro e fora do campo. Com essa parceria estamos abrindo um novo capítulo na história do nosso clube”.

Criptomoedas substituindo bancos?

Após anos tentando parceiras com bancos e buscando crescer as facilidades para que seus torcedores tivessem produtos dessas instituições, agora os clubes brasileiros também estão buscando agregar funcionalidades com criptomoedas.

É claro que as empresas do mercado de criptomoedas ainda não substituem totalmente o espaço dos bancos nos uniformes e promoções, mas mostra que pode coexistir e melhorar a visibilidade desse mercado.

Vale o destaque que o Vasco já lançou um token de solidariedade no mercado, assim como o São Paulo criou seu fan token em 2021, com dois clubes expandindo sua atuação com criptomoedas em 2022.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias