Inicio Blockchain Shell criará plataforma de financiamento de commodities utilizando blockchain

Shell criará plataforma de financiamento de commodities utilizando blockchain

CADE aprova Join Venture, com participação da Shell, que oferecerá soluções de financiamento para comercialização de commodities utilizando blockchain e smartcontracts.

-

Compartilhe
shell financiamento commodities blockchain smartcontracts oleo e gas
Imagem: Pixabay

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) autorizou a empresa Shell e outros bancos internacionais a formarem uma Joint Venture. A Joint Venture (JV) irá desenvolver uma Plataforma de Financiamento Aberta de commodities, utilizando a tecnologia blockchain e smartcontracts.

De acordo com o Diário Oficial da União do dia 11 de junho, o CADE autorizou a formação da JV constituída pela Shell Trading Rotterdam (subsidiária da gigante petrolífera Royal Dutch Shell), os bancos internacionais ABN Amro, ING Bank, Société Générale, BNP Paribas, CA Indosuez, Citibank, Macquaire, MUFG, Rabobank, Natixis, a trading Mercuria e a certificadora SGS.

De acordo com despacho do CADE, cada empresa terá participação de 7,7% na JV, sediada em Genebra, na Suíça. Contudo, a Plataforma de Financiamento será oferecida internacionalmente sendo a negociação aberta para agentes financeiros de qualquer país.

A Joint Venture irá oferecer soluções de financiamento para comercialização de commodities utilizando blockchain e smartcontracts. Nesse sentido, as empresas envolvidas explicaram ao Cade a natureza da plataforma:

A plataforma servirá como uma interface entre instituições financeiras, plataformas de comercialização e traders para financiamento de comercialização de commodities atuará como um market place onde agentes de venda postarão um pedido criptografado online e instituições financeiras responderão com seus preços e disponibilidade.

As empresas afirmam ainda que não existe plataforma semelhante de negociação de commodities utilizando o blockchain, conforme o despacho.

A indústria de Óleo e Gás e o Blockchain

O blockchain está aos poucos conquistando espaço na indústria de óleo e gás. Essa não foi a primeira vez que uma gigante petrolífera anuncia negócios utilizando o blockchain. 

A gigantes petroleiras Shell, BP e a norueguesa Statoil já haviam anunciado em novembro do ano passado a formação de um consórcio. O consórcio está desenvolvendo uma plataforma de negociação de commodities energéticas que utilizará o blockchain, bastante similar ao autorizado pelo Cade.

A previsão de lançamento da plataforma é no final de 2018. Esse consórcio pretender mudar completamente a forma como commodities são negociadas hoje.

Aparentemente, a Shell e os bancos mencionados estão se antecipando formando a Joint Venture, ou então seria uma ação coordenada com o consórcio.

As empresas do consórcio anunciaram que estão esperando aprovação dos órgãos reguladores. Afirmaram ainda que a plataforma visa reduzir riscos operacionais e os custos da negociação de energia. Ao mesmo tempo, as empresas esperam melhorar a confiabilidade e eficiência das operações de comércio de energia.

Shell adquiriu parte da empresa Applied Blockchain

Logo após o anúncio da formação do consórcio, a Shell deu mais um passo à frente adquirindo participação minoritária da startup chamada Applied Blockchain. A startup irá desenvolver soluções para o setor de downstream (refino, comércio e distribuição de óleo e gás).

Johan Krebbers, CEO da subsidiária Shell Global Solutions International comentou a compra:

“As aplicações Blockchain têm um enorme potencial para mudar a forma como fazemos as coisas no setor energético, desde a simplificação de processos até a maneira como trabalhamos com nossos fornecedores e atendemos nossos clientes.

“Investir na Applied Blockchain faz parte do nosso compromisso de usar a digitalização para gerar valor no nosso principal negócio assim como desenvolver novos modelos de negócios.”

Enterprise Ethereum Alliance e as petroleiras

petroliferas blockchain enterprise ethereum allianceOutra interessante participação de gigantes petrolíferas no blockchain é a Enterprise Ethereum Alliance (EEA), explicada em maior detalhe aqui.

A EEA foi fundada em fevereiro de 2017 com o fim de promover padrões internacionais no blockchain, sendo hoje constituída por mais de 40 empresas. Entre elas estão incluídas gigantes da indústria de óleo e gás (Shell e BP).

XDEX:Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado.Abra sua conta, é grátis!
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Innova Mine: A cidadela da mineração e trade de criptomoedas

A Innova Mine é um novo projeto da indústria de criptomoedas que opera um modelo de negócios revolucionário. A empresa está sediada na Austrália...

Senado vai debater regulação das criptomoedas na próxima semana

Dois senadores apresentaram uma proposta de debate envolvendo a regulação para criptomoedas no Brasil. A proposta encaminhada a casa legislativa apresentará o tema relacionado...

Bitcoin em até R$ 155 mil: Tom Lee revela como criptomoeda explodirá no mercado

O preço do bitcoin poderá chegar em até R$ 155 mil. Segundo previsões do especialista Tom Lee, a criptomoeda poderá vivenciar uma enorme onda...

Bitcoin sobe mais de R$ 5 mil em 24 horas e pode parar somente quando chegar em R$ 382 mil

O preço do bitcoin enfrentou uma expressiva valorização nas últimas 24 horas. O movimento fez com que a criptomoeda ultrapassasse facilmente a cotação de...

Criptomoeda valoriza 6.000% em 2019 enquanto mercado apostava no bitcoin

Uma criptomoeda pouco conhecida no mercado viu seu preço aumentar em 6.000% recentemente. Esse pode ter sido um dos melhores desempenhos do mercado até...

Bitcoin é a moeda mais popular em redes sociais

Certamente o Bitcoin é a moeda digital mais famosa do mundo, e também a mais popular em redes sociais. Além disso, o Bitcoin (BTC)...

Facebook lança a criptomoeda Libra: Tudo que você precisa saber

O gigante das redes sociais Facebook e outras 27 empresas finalmente confirmaram seus planos para a criptomoeda Libra, "uma moeda digital global, apoiada por reservas que...

São Paulo se prepara para receber o maior evento de criptomoedas e Blockchain da América Latina

Pela segunda vez, São Paulo é a cidade escolhida para sediar o BlockCrypto Expo, maior evento de criptomoedas e Blockchain da América Latina cujo...

Manuais esclarecem como informar transações de criptomoedas à Receita Federal

A Receita Federal divulgou nesta terça (18/6) um Manual de Preenchimento que esclarece detalhes sobre como exchanges e pessoas físicas ou jurídicas devem informar...
 

COMENTÁRIOS

Compartilhe