Site da Binance é banido na Rússia

A Binance assegura aos clientes que os “fundos estão seguros” e que nenhum cliente foi afetado pela decisão do órgão federal. A exchange também afirma que vai continuar providenciando serviços para os usuários russos.

Siga no
Corretora de Bitcoin e criptomoedas Binance
Corretora de Bitcoin e criptomoedas Binance

Nesta última quinta-feira, 24, o site da Binance (maior corretora de criptomoedas do mundo) foi bloqueado e colocado na em uma lista negra da Rússia. Aparentemente a plataforma foi pega de surpresa pela novidade ao ser notificada pela Roskomnadzor, O Serviço Federal de Supervisão de Tecnologia da Informação e Meios de Comunicação em Massa da Federação Russa.

As informações foram compartilhadas no blog da Binance em russo e afirmaram qeu a corretora não recebeu em momento algum qualquer tipo de notificação judicial ou pelas autoridades antes do bloqueio do site. No momento a corretora está buscando aconselhamento legal para poder lidar com a situação.

O motivo para o site ser banido é que ele estava distribuindo informações “ilegais” na Rússia. De forma mais específica, o site foi punido por estar oferecendo informações sobre “como comprar Bitcoin.”

No comunicado em seu blog a Binance assegura aos clientes que os “Fundos estão seguros” e que nenhum cliente foi afetado pela decisão do órgão federal. A exchange também afirma que vai continuar providenciando serviços para os usuários russos.

Clientes da plataforma LocalBitcoins também tiveram problemas para acessar o site no país. Ao que tudo indica, o domínio LocalBitcoins.net está incluso em um registro unificado que foi banido no país a partir de uma decisão da Corte de Onega, na região de Arkhangelsk.

O motivo para bloquear o site também foi por causa da distribuição de informações que são proibidas na Rússia.

Rússia cada vez mais contra as criptomoedas

A Rússia chegou até a ser um importante Hub para as criptomoedas, sendo até mesmo o terceiro maior poder de mineração de Bitcoin em todo o mundo. Mas aos poucos as autoridades começam a se mostrar cada vez mais contra facilitar a compra de ativos digitais no país.

Recentemente o Ministério das Finanças propôs uma lei que prevê prisão para quem não declarar bitcoin para a Receita Federal russa.

Aos poucos o país da Eurásia cria uma regulamentação para as criptomoedas que tem como objetivo dificultar o dia a dia dos traders e até mesmo evitar o avanço do mercado em território nacional.

Até mesmo oferecer informações sobre o criptomercado em um site já é passível de punição.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias