Site da Ferrari é sequestrado e distribui coleção falsa de NFTs

Subdomínio do site oficial da marca foi hackeado e divulgou mint de NFTs.

Um subdomínio do site da Ferrari foi sequestrado para hospedar um esquema que promovia uma coleção falsa de NFTs da Ferrari, o golpe aconteceu pouco depois de a montadora de luxo ter anunciado planos de lançar NFTs.

O site oficial da marca Ferrari, que detém alguns dos principais veículos de luxo do mundo, anunciou nos últimos a criação de NFTs, chamando atenção de alguns hackers. Vale lembrar que essa marca divulgou o lançamento de uma coleção em dezembro de 2021.

Durante a divulgação da iniciativa, executivos disseram que gostaram de iniciar sua jornada em um mercado ascendente nos últimos meses, ligado à tecnologia blockchain.

Contudo, nenhum NFT oficial de automóveis da marca foi disponibilizado para ser criado até então. O processo de “mint”, como é chamado a criação de um NFT, é quando o token associado a algum item e depois registrado na blockchain.

É importante destacar que como criar um procedimento de mint é feito em minutos por criminosos, investidores desse mercado têm sido atraídos para golpes cada vez mais elaborados.

Site da marca Ferrari libera a criação de NFTs, mas “hackers do bem” descobrem cilada

Um subdomínio do site da marca Ferrari, o “forms.ferrari.com” começou a divulgar na última semana que o mint de NFTs estava disponível aos interessados.

Quem chegasse até a plataforma poderia associar a carteira MetaMask e começar a gerar um item digital colecionável da marca, embora muitos não tenham percebido que tudo isso não passava de uma cilada para investidores desse mercado.

Isso porque, o site estava em posse de hackers que criaram a falsa coleção NFT apenas para roubar investidores. O hacker Sam Curry achou interessante a iniciativa dos golpistas, alertando para o esquema que estava sendo realizado no site oficial da marca de carros.

“Super interessante: parece que os golpistas encontraram um subdomínio em “http://forms.ferrari.com” e o estão usando para hospedar um esquema NFT.”

O site oficial da Ferrari, embora comprometido, acabou divulgando uma coleção de 4.458 NFTs, que chegaram a ser mintados por investidores. Após a repercussão do caso, a empresa assumiu o controle do subdomínio e desativou o falso site de NFTs.

Prejuízo de US$ 800,00 para quem acreditou no esquema

Segundo uma apuração do Bleeping Computer, o site comprometido chegou a chamar atenção de alguns investidores, que deixaram US$ 800,00 no endereço Ethereum associado a coleção NFT falsa da Ferrari. Ou seja, R$ 4.120,00 foram levados das vítimas.

O caso mostra que embora algumas situações possam parecer promissoras, como encontrar um NFT da Ferrari “dando sopa” em seu site, investidores devem estar atentos, pois em segundos os golpes acontecem.

O endereço “0xD88e1C6EC0a2479258A6d2aB59D9Ae5F2874bC44” já foi associado pela EtherScan como de phishing, embora tenha enviado os fundos pelo mixer Tornado Cash.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Últimas notícias